A pé por Buenos Aires

Que me perdoem os amigos colorados, mas a trilha sonora das minhas viagens por Buenos Aires, desde a primeira, sempre foi o hino do Grêmio! “Até a pé nós iremos…” – existe afirmação mais adequada para quem está disposto a desbravar um lugar? 😉

Buenos Aires é uma cidade plana, muito bem organizada, perfeita para caminhar. Também é muito fácil se localizar – cada quarteirão mede 100 metros, e contém 100 números – assim, se estou na altura do número 250 de uma determinada rua e quero ir até o número 720, sei que preciso caminhar cerca de 5 quarteirões. Outra dica é que a numeração das ruas obedece à mesma numeração das avenidas – ou seja, se quero ir ao número 300 de uma rua paralela à Avenida Santa Fé, por exemplo, posso me guiar pela numeração da avenida e vou saber exatamente em qual rua devo entrar para encontrar o endereço que procuro.

O site oficial da cidade de Buenos Aires traz alguns roteiros a pé para quem desejar desbravar a cidade caminhando. São roteiros autoguiados, separados por bairros – 16 no total, de Abasto a Puerto Madero, de La Boca a Palermo, sem esquecer a Recoleta. Basta imprimir os mapinhas, escolher um sapato confortável e… “até a pé nós iremos”! 😉

Um outro grande companheiro de passeios, infelizmente já esgotado, é o livrinho do Hugo Ibarzábal, Buenos Aires Passo a Passo. O livro é pequeno e fininho, próprio para ser levado na caminhada e usado como mapa e guia ao mesmo tempo. São 11 roteiros para serem percorridos a pé, com mapas, explicações e curiosidades. Ainda não consegui seguir todos os roteiros propostos no livro – de vez em quando faço um deles, sem muita rigidez, mudando uma coisa e outra quando dá vontade. Mas foi ele a minha inspiração para me aventurar a pé por Buenos Aires e organizar as dicas de passeios que os amigos pedem – e que pretendo compartilhar aqui nos próximos dias…

25 thoughts on “A pé por Buenos Aires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *