Descobrindo Puno

Definitivamente não foi amor à primeira vista. Puno foi me conquistando aos pouquinhos, uma pracinha aqui, um hotelzinho ali… A cidade é muito simples, e não tem mesmo grandes atrativos além de ser a principal porta de entrada para o turismo no lado peruano do Lago Titicaca. Como chegamos à cidade já perto do final da tarde e não teríamos mais a chance de fazer qualquer passeio pelo lago naquele dia, o jeito foi dar uma voltinha pela cidade e procurar os recantos que pudessem nos encantar. Por “recantos” valia qualquer coisa: lojinhas simpáticas, restaurantes acolhedores, pracinhas charmosas, o que fosse… 😉 Logo de saí­da, o que mais me surpreendeu foi que Puno não é uma cidade voltada para o lago, como Copacabana, onde o Titicaca é uma paisagem quase onipresente, quase inevitável; pelo contrário, em Puno o lago está sempre um pouco fora do alcance da vista, é preciso procurar por ele, ter o propósito de descobri-lo…

A primeira visão que realmente me encantou foi a Catedral de Puno, em frente à Plaza de Armas:

img_1127

Logo adiante, chegamos à principal rua de Puno, a Calle Lima. A Lima é, em boa parte de sua extensão, uma rua de pedestres onde há lojinhas, bancos, casas de câmbio, restaurantes, bares… Lá se concentra o movimento da cidade – que não é muito durante o dia, mas aumenta sensivelmente à noite, quando as pessoas já voltaram de seus passeios pelo lago e estão em busca de um restaurante gostoso para jantar ou de um barzinho onde espantar o frio…

De dia, a Calle Lima é assim:

img_1117

Mas à noite ela fica assim:

img_1194

Assim que o sol começou a baixar e o frio chegou, voltamos rapidinho pro hotel pra tomar um bom banho e vestir roupas mais apropriadas pra enfrentar o frio. Do mesmo modo que em Copacabana, quando o sol baixa a temperatura baixa junto, e as noites são mesmo congelantes…

Nessa noite, fomos conferir uma das dicas mais quentes de Puno: a Pizzeria El Buho, recomendada por praticamente todos os guias e sites de viagem. Não dava pra errar – afinal, pizza é boa mesmo quando é ruim… 😆 Logo percebemos que a El Buho é uma pizzaria freqüentada também pelos locais, o que, na minha opinião, faz qualquer restaurante ganhar uma estrelinha… E a El Buho, embora tenha demorado um pouquinho a aprontar o nosso pedido, não nos decepcionou!

O ambiente era muito aconchegante:

img_1121

E a pizza (ai, ai…) estava uma delí­cia… 😉

img_1123

19 thoughts on “Descobrindo Puno

  1. Pingback: Bolívia e Peru – o índice da viagem | Idas e Vindas – Viagens e Aventuras

  2. Pingback: Bolívia e Peru – o índice da viagem | Idas e Vindas - Crônicas de Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *