Enfim, Machu Picchu!

Ou: palavras são necessárias? 😉

A verdade é que a chegada a Machu Picchu é sempre impactante… Imagino que para quem faz a Trilha Inca e vê Machu Picchu pela primeira vez ao nascer do sol seja ainda mais poético, mas o fato é que ninguém está verdadeiramente preparado para se deparar com aquela cidadela no meio das montanhas, escondida até o último minuto… Não dá pra evitar imaginar o que não deve ter sido para Hiram Bingham, o explorador que no iní­cio do século XX finalmente revelou ao mundo o segredo inca escondido por tanto tempo, nunca descoberto pelos colonizadores espanhóis…

Infelizmente não tenho aqui comigo as informações que guardei sobre Machu Picchu, e não vou poder ser precisa nem explicar bem as fotos… Mas compartilho com vocês o meu olhar sobre esse tesouro… 😉

24 thoughts on “Enfim, Machu Picchu!

  1. Arthur, postando exatamente aqui e com esse sorriso suspeito no emoticon ( 😉 ), acho que você só pode ter ido ao Peru… Acertei?

  2. MARAVILLOSAS imágenes!!!.
    Suas fotos são muito ilustrativas da realidade!. Fotos precisas do viagem a Machu Picchu. O céu celeste parece estar muito cerca das montanhas do picos altos.
    Parabéns por o viagem e aventura.

  3. He he he, acertou! Já estou postando minha viagem – Lima, Cusco, Aguas Calientes e Machu Picchu, Puno e Lago Titicaca (com um pulinho na Bolivia para a Ilha do Sol)!

  4. Provavelmente você deve olhar as fotos e pensar: “É, ficaram boas, mas falta alguma coisa”. O cheiro, a temperatura, os sons, as dimensões… Enfim, só indo para entender o impacto que todos sentem!
    Há¡ uma lenda que diz que há uma gruta em Machu Picchu que termina no Brasil, dizem que é a do Carimbado, em São Thomé das Letras. Uma via expressa para nós!

  5. Obrigada, Carmen! É um céu azul maravilhoso mesmo…

    Arthur, já fui lá xeretar!!! Vou incluir o seu link aqui quando for postar sobre os sí­tios arqueológicos de Cuzco – e adorei que você tem uma foto do “boleto turí­stico”! Eu deixei o meu em casa (claro!) e já estava pensando que ia precisar garimpar uma foto no Google… 😉

    Alexandre, quando eu estava preparando as fotos pra postar pensei mais ou menos isso mesmo… Nas fotos, por mais bonitas que estejam, falta a vida do lugar, né? Adorei essa lenda – mas, cá pra nós, que atalho esse, hein? Requer mais preparo que a Trilha Inca… 😀

  6. Olá, vou p/ Machu Picchu na última semana de junho/08, e como estou tentando fazer um orçamento prévio, identifiquei algumas divergências de preços em minha pesquisa.
    Qual o preço real do Vistadome, ida e volta?
    E o ônibus para Machu Picchu, é 12 ou 38 dólares?
    Qual a melhor forma de ir de Lima p/ Cuzco? Fiquei sabendo que há um avião que cobra US$50 por pessoa, é verdade?
    abs
    Fernando Braz

  7. Fernando, os preços postados aqui são os que paguei quando fiz a minha viagem, em julho de 2007. Qualquer divergência com a sua pesquisa significa apenas que os preços mudaram nesse meio tempo…

    Eu não fiz o trajeto Lima-Cuzco, apenas o inverso, mas acredito firmemente que a melhor forma é de avião. Incluí­ o trecho na minha passagem internacional, pela TACA, então não tenho o valor isolado para comparar. De qualquer forma, US$ 50 está me parecendo uma barganha…

    Dá uma olhada em outros posts que podem te ajudar aqui: http://idasevindas.wordpress.com/category/peru/machu-picchu

  8. Carla, me ajjuuuda!!!
    Estou indo a MP e tb quero ir de trem por conta própria, sem excursão. Aliás, odeio esses negócios de pacote!! Só tenho uma dúvida: vc pegou algum guia lá em Aguas calientes ou cusco? Pq gostaria de ter uma pessoa explicando a história do lugar…
    Parabéns pelo blog!!

  9. Carolina, eu não peguei guia, mas apenas porque não quis – preferi ir seguindo o mapa e as explicações impressas que recebi lá mesmo. Mas um guia é a coisa mais fácil de conseguir lá mesmo! 😉

  10. Olá Carla,

    Primeiro de tudo parabéns pelo blog, muito bem escrito e de ótima qualidade!
    Gostaria de tirar umas dúvidas sobre viajar pelo Peru (Lima, Cuzco e Machu Picchu). Quero fazer esta viagem com minha esposa em fevereiro de 2012, mas não gosto de viajar com excursão. Pelo que li, você também foi sem excursão, certo?

    Como faço para entrar em contato com você via e-mail?

    Obrigado desde já.

    Abraços!

  11. Carla,

    Minha ideia é a seguinte: gostaria de pegar um voo simples pela TACA (Rio – Lima e Lima – Rio). E de
    Lima ir para Cuzco e Machu Picchu.
    Seguem minhas dúvidas:
    1. Qual seria a melhor forma?
    2. Ficar uns dias em Lima e depois pegar um voo Lima – Cuzco?
    3. Como chegar de Cuzco a Machu Picchu? Através do trem Vistadome, certo?
    4. Ir de manhã e voltar de noite de Machu Picchu é o suficiente?
    5. Quantos dias você acha legal ficar em cada lugar?
    6. De Cuzco como chegar em Copacabana? Vale visitar?

    Obrigado desde já pela sua ajuda.

    Abraços!

    • Leonardo, você tem planos de fazer uma viagem bem semelhante à que eu fiz… Na época, o meu roteiro / planejamento foi o melhor que consegui tanto em termos de finanças quanto de logística. Acho que vale dar uma olhada nele e ver se se aplica ao seu caso, fazendo apenas as alterações necessárias. http://www.idasevindas.com.br/2007/07/22/proximos-passos-bolivia-e-peru/

      Vou responder às suas perguntas uma a uma:

      1. Acho que vale considerar incluir o trecho até Cuzco na sua passagem internacional, mesmo que você desembarque em Lima, fique uns dias e depois prossiga a viagem. Costuma sair mais em conta fazer isso do que comprar o vôo doméstico isoladamente.

      2. Eu deixei Lima para o final, mas apenas porque fui à Bolívia antes, então era o que mais fazia sentido, geograficamente falando. Hoje, se fosse ficar apenas no Peru, acho que primeiro ficaria uns 3 dias inteiros em Lima e depois seguiria para Cuzco / Machu Picchu.

      3. Você pode escolher um dos trens que fazem essa viagem – o fator determinante da escolha acaba sendo mesmo o valor do bilhete. Eu achei o Vistadome um ótimo custo x benefício.

      4. Eu achei suficiente, desde que você chegue logo cedo e se proponha a fazer apenas um lanche em vez de almoçar, para poupar tempo. Entretanto, outras pessoas preferem aproveitar o passeio ao Vale Sagrado para prosseguir viagem até Aguas Calientes, pernoitar e já amanhecer em Machu Picchu. Acho essa idéia bem interessante.

      5. Eu ficaria no mí­nimo 3 dias em Lima, 3 em Cuzco e 1 em Machu Picchu.

      6. Eu gostei muito de Copacabana, mas cheguei a partir de La Paz, e não de Cuzco. Fiz, de certo modo, o caminho inverso – de Copacabana fui para Puno, já no Peru, de ônibus de turismo. Fiquei em Puno uns 2 dias e depois segui de avião, pela Lan Peru, de Juliaca (45 minutos de táxi desde Puno) até Cuzco. Eu tentaria incluir Copacabana junto com La Paz.

      • Carla,

        Muito obrigado pelas dicas e sugestões.

        Estive olhando os horários de trens pelo site http://www.perurail.com e vi que o Vistadome sai de Cuzco 6:53 AM chegando 9:52 AM em Machu Picchu e a volta, sai 15:20 de Machu Picchu com destino a Cuzco.

        A dúvida é: de 9:52 AM a 15:20 em Machu Picchu é suficiente?

        Obrigado novamente!

        • Para mim foi suficiente, sim. Uma outra idéia seria ver se é possível ir no Vistadome e voltar no Backpacker, que acho que sai de Aguas Calientes mais tarde…

          • Tanto o Backpacker quanto o Vistadome saem de Aguas Calientes, certo?
            ou teria que ir de Machu Picchu para Aguas Calientes para pegar o Backpacker?
            Na verdade o trem vai de Cuzco a Aguas Calientes, e de lá tenho que pegar um ônibus até Machu Picchu, certo? Esse ônibus tem como reservar ou é incluí­do na tarifa do trem?

            obrigado!

  12. Pingback: Bolívia e Peru – o índice da viagem | Idas e Vindas – Viagens e Aventuras

  13. Primeiramente parabenizo pelos comentários do site Idas e Vindas que são bem interessantes e ajudam muito a todas as pessoas que desejam viajar para Machu Picchu, Cusco, Lima, Arequipa, Puno, e todo o Peru.
    Nos da Viagens Machu Picchu estamos dispostos a ajudar a todas as pessoas que desejam viajar e conhecer a nossa cultura Peruana.
    Recomendamos a todas pessoas que antes de viajar ao Peru, se informem sobre a cultura, clima, estações de turismo (Temporada alta e baixa), distancias e sobre os destinos turísticos que estão querendo visitar.
    Peru possui uma paisagem diversificada desde o nível do mar até os 6000 e 7000 metros de altitude.
    Pessoal nos da Viagens Machu Picchu estamos dispostos a ajuda-lhes e ficamos a sua disposição.
    mais dicas http://machupicchupacotes.com.br/dicas-e-recomendacoes-para-peru-machupicchu.html

  14. Pingback: Bolívia e Peru – o índice da viagem | Idas e Vindas - Crônicas de Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *