Duas semanas de carro na Califórnia: o “Roteiro do Coelho Maluco da Alice”

Pessoal, essa novela sobre o Peru está rendendo muito mais do que eu esperava… Eu pensei que conseguiria terminar antes de vir pra Riverside – e não deu. Depois pensei que, uma vez aqui, terminaria rapidinho – mais uma vez, não deu. Por fim, tentei correr um pouquinho pra terminar antes de botar o pé (ou melhor, as rodas) na estrada de novo – e não vai dar…

Vou fazer só mais uma pausa breve, de agora até o início de junho. É por uma boa causa. A partir de amanhã, recebo a visita de uma amiga de longa data, a Márcia, companheira de grandes momentos e altas roubadas em várias viagens. Vamos alugar um carro e partir num roteiro intitulado por ela “Thelma e Louise sem as encrencas”… 😀 (Assim espero!) Já eu batizei esse roteiro, desde a fase embrionária, de “Roteiro do Coelho Maluco da Alice”, lembram? Aquele do “Alice no país das maravilhas”, de Lewis Carroll (devidamente “disneyzado” depois…), que vivia correndo, sempre apressado, carregando um relógio?

Pois é… Eu ainda não sei como vai funcionar esse roteiro na prática. Mas já posso afirmar 3 coisas antes mesmo de ligar o carro:

– não dá pra seguir os nossos passos com menos de 2 motoristas – as distâncias são imensas e, embora as estradas americanas sejam bastante boas, o limite de velocidade é razoavelmente baixo, e é muito chão para um motorista só, ao menos no tempo em que pretendemos percorrê-las;

– esse roteiro só é possível com um GPS – ao menos na velocidade em que pretendemos fazê-lo: não há tempo para se perder;

– ele funciona melhor se uma das pessoas já conhecer a região (eu, no caso, conheço todas as cidades grandes) e a outra confiar cegamente na primeira para planejar todo o roteiro (a Márcia, for better or worse, confia… 😉 ). Isso possibilita ir direto aos pontos principais, deixando outros menos interessantes de lado.

Por enquanto não vou nem contar quanto tempo pretendemos passar em cada lugar, mas deixo aqui um gostinho do nosso percurso:

– Grand Canyon;

– Las Vegas;

– Death Valley;

– Yosemite National Park;

– Lake Tahoe;

– Napa Valley;

– San Francisco;

– Monterey, Carmel, Big Sur Coast;

– Santa Barbara;

– Los Angeles;

– San Diego.

Depois preparo um roteirinho seguindo os moldes de sempre, com o orçamento bonitinho (menos a passagem, porque ninguém vai querer voar pras cercanias de Riverside, né? Mas dou uma idéia pelos preços que pescar na Internet…)

E quando eu voltar, retomo a novelinha peruana até acabar! Nesse meio tempo, sugiro uma visita ao blog do Arthur, que acabou de voltar do Peru e já botou no ar uns posts mais recheados do que os meus!!! 😀

66 thoughts on “Duas semanas de carro na Califórnia: o “Roteiro do Coelho Maluco da Alice”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *