Meu primeiro endereço portenho

Sim, esse é apenas o primeiro! 🙂 Alugar um apartamento foi uma experiência tão positiva – como eu já esperava que seria, pelas histórias que vinha colecionando – que não consigo mais me imaginar hospedada em um hotel em Buenos Aires. Claro, eu posso abrir uma exceção para o Alvear… 😆

Eu pretendia ter tido essa experiência mais cedo… Já tinha até mesmo reservado um apartamento para a época do Carnaval. Era um studiozinho simpático, a um precinho ainda mais simpático: US$ 200 a semana. (Aos que se interessarem: o preço no site já é US$ 250!) Mas não pude viajar na época que pretendia e, para uma nova data, nada melhor do que um novo endereço – de modo que a minha estréia como habitante temporária em terras portenhas foi mesmo nessa preciosidade aqui

O apartamento foi um achado: comecei a procurar com 2 meses de antecedência apenas, quando o ideal é começar a buscar vários meses antes, para ter acesso aos apartamentos com melhor relação custo-benefício, que são, logicamente, os primeiros a serem alugados.

O processo é todo muito simples. Primeiro, escolhemos o apartamento no site da BytArgentina. Daí temos que esperar a confirmação de disponibilidade. Uma vez confirmada, paga-se uma taxa de reserva de US$ 45, via cartão de crédito, que não é reembolsada em caso de cancelamento. O aluguel só é pago na chegada, em dólares cash, assim como o depósito de igual valor, que é devolvido pelo proprietário na saída.

Aqui vão então algumas fotos da nossa “casinha”, começando pela sala:

A sala me impressionou pelo tamanho – enorme para um apartamento de apenas um quarto!

Por esse ângulo dá pra ver a porta de entrada do apartamento:

Nesse hall tem um daqueles armários, típicos de lugares frios, onde se guarda os casacos logo ao chegar da rua… 😉

A porta à esquerda, na segunda foto acima, leva à cozinha:

Tínhamos até uma mini-área, com um tanque, que ninguém se animou a usar… 😆

E a nossa geladeira oferecia mil e uma opções de entregas em domicílio, para um dia de chuva, ou da mais absoluta preguiça – mas também não pensamos em usar…

Seguimos então pelo corredor até o banheiro e o quarto – no corredor, temos mais armários, com roupas de cama e de banho extras:

Nada como um banheiro novinho, clarinho e decorado com bom gosto! 😉

E um quarto bem aquecido, com boas persianas (que faziam 8 horas da manhã parecer de madrugada…) e, mais uma vez, ótimos armários:

Nosso apartamento ficava localizado na Peña, quase na esquina com a Ayacucho, bem perto do hotel Ayacucho Palace. Era um apartamento de fundos, no 11o. andar, e a Peña é uma rua tranqüila, onde não passam ônibus. Melhor, impossível!!! (Bom, podia apenas ser um pouquinho mais perto do metrô… 😉 )

O saldo da experiência foi super positivo. A relação custo-benefício é espetacular. Pagamos, no total, US$ 380 pelo apartamento, incluindo a taxa de reserva, ou seja, pouco menos de US$ 50 a diária. Arrisco dizer que é IMPOSSÍVEL conseguir um hotel na Recoleta a esse preço, mesmo que os quartos sejam minúsculos. No hotel vizinho, as diárias são de 280 pesos argentinos para o quarto duplo, cerca de US$ 90… (Acabo de ver que o aluguel aqui já subiu de preço também – para US$ 385! Com a taxa de reserva, sai no total a US$ 430, ou pouco mais de US$ 61 a diária. Continua sendo um bom negócio, principalmente comparado aos hotéis, mas dá pra encontrar apês mais em conta – talvez apenas não sejam tão espaçosos)

Além disso, tudo o que o apê oferece em termos de conforto, espaço, localização, preço e privacidade, além da experiência inigualável de participar da vida cotidiana da cidade, mesmo que só por uma semaninha, torna a opção ainda mais atraente.

Acredito que um hotel seria uma escolha melhor só mesmo para aqueles que não abrem mão dos serviços (apesar de que o serviço de arrumadeira está incluído uma vez por semana no aluguel do apartamento, e pode-se contratar mais vezes, se for o caso), ou para aqueles que vão ficar tão pouco tempo na cidade que empregariam melhor o seu dinheiro em poucas diárias isoladas, em vez de uma semana de aluguel.

Ou talvez, quem sabe, para aqueles que não dispensam um belo café da manhã de hotel… Mas talvez esses eu consiga convencer com um tour pelos cafés onde desayunamos ao longo da nossa semana!!! 😀 (A seguir, em mais um capítulo dessa novela interminável em que se transformou o meu bloguito… )

Pedido: Pessoal, vocês que já alugaram apês em Bs.As., se incomodariam de deixar os links aqui nos comentários, para montarmos um mini banco de dados? Acho que isso faria a festa de quem está buscando apartamentos com recomendações – e eu incluiria, claro, os links para os posts em que vocês mostram os apês, no caso daqueles que têm os seus próprios blogs… 😉

Atualização – Mini banco de dados

Pessoal, aqui vai uma compilação de links e comentários para facilitar a vida daqueles que estão buscando informações sobre os apartamentos já alugados por freqüentadores aqui do blog:

1. O apê do Alexandre e da Graziella com comentários do Alexandre. Vale a pena ver também os posts sobre a viagem deles a Buenos Aires!

2. O apê da Emília e seus comentários. Os relatos da Emília sobre Buenos Aires também estão ótimos!

3. O apê grande da Sylvia na Recoleta, o apê pequenininho também na Recoleta e o apê em Palermo. Leiam também os comentários da Sylvita sobre eles!

4. O apê da Dani S. e seus comentários.

5. O apê da Mari, seus comentários e um post!

6. O apê no. 1 da Wanessa e o apê no. 2, com comentários.

7. O apê da Angela Bruno (que eu ia alugar e cancelei…), com comentários.

8. O apê no. 1 da Eliana, com comentários; o apê no.2, também com comentários; e o apê no.3, com comentários.

9. O apê da CarlaZ, com comentários.

10. O apê da Ana Luisa, com comentários.

11. O apê do Francisco, com comentários.

12. O apê do Mac, com comentários.

13. O apê da Celia, com comentários.

361 thoughts on “Meu primeiro endereço portenho

  1. Olá Sylvia…
    tenho sempre acompanhado os coméntarios aqui, e só pra confirmar o que tenho lido: Palermo é mais badalação (para jovens – otimo a noite), já Recoleta é mas turístico!?
    Os bairros de Palerma viejo, e Recoleta: bairro norte, também são bons para alugar apartamentos???
    Eu tô aqui numa dúvida danada porque vai minha familia toda, uma parte é nova(curte baladas) e a outra parte já é mais velha…
    Heeelppp…. rsrs
    Beijinhos e desde jáobrigada, ta!?

  2. Carlinha, os dois estão em ótimos pontos da Recoleta! No Vicente López com Junín você está bem no coração da Recoleta, pertinho dos restaurantes, cafés, bares, cinemas – e ainda tem Internet wifi no apê… O da Quintana com Rodriguez Peña fica numa área um pouco mais calma, mas dá pra sair a pé – em 5 a 10 minutinhos você está no agito. E os preços estão excelentes!!!

    Ingrid, Palermo é a Buenos Aires mais contemporânea, tem butiques moderninhas e ótimos restaurantes; a Recoleta é mais tradicional, tem lojas mais elegantes, cafés por toda parte, restaurantes também muito bons, e uma arquitetura lindíssima. Os dois são turísticos, mas a Recoleta é mais bem situada para quem está indo pela primeira vez e quer visitar os pontos turísticos do centro, de San Telmo e La Boca. No seu caso, acho que o mais fácil para agradar a toda a família é escolher a Recoleta ou o Barrio Norte – e vocês vão estar a uma curta corrida de táxi de Palermo, dá pra curtir os restaurantes de lá mesmo sem estar hospedada no bairro.

  3. Meninas…
    mais uma perguntinha: quanto a capaciadde máxima dos apartamentos.. são mesmo seguidas a risca?
    Minha família são de 8 pessoas e achei um ap ótimo para 7, será que consigo “alojar” a outra pessoa?
    beijinhos !!!

  4. buáaaaaaaaaa!!!!

    tenho um cochão inflávio que seria ótimo…

    mas tu acha arriscado por causa do dono do ap é?

  5. Quando você reserva o apê, Ingrid, você concorda com um termo de compromisso que diz que a capacidade do apartamento deve ser respeitada. Que tal procurar 2 apartamentos próximos, com capacidade para 4 pessoas cada um?

  6. CarlaZ,

    fui eu que falei do apartamento na Vicente Lopez com Junin. É este aqui:

    http://www.bytargentina.com/re/propview.php?view=1487&tmo=06&tyr=2008#abajo

    Gostei bastante do apartamento e amei a localização. É um local movimentado, com muitos lugares interesssantes por perto e seguro. Mas como a Carla e a Sylvia disseram (alías, o que elas disserem sobre BsAs você pode confiar 100%!), fica um pouco distante do metrô, dá para ir de táxi ou a pé. E eu penso que uma boa caminhada pela Recoleta é sempre recompensadora.

  7. Carla, já fiquei em apartamento em BsAs duas vezes, alugando com a ByT. Os apartamentos foram bem simples, mas atendiam às minhas necessidades e eram muito bem localizados, ambos na Recoleta.

    Fiquei bastante satisfeita com esse tipo de hospedagem e também vou dar preferência a ela em outras viagens… pelo menos enquanto não der para ficar no Alvear!

    Na última viagem, que aconteceu há duas semanas, fiquei nesse estúdio (para 2 pessoas):

    http://www.bytargentina.com/re/propview.php?&ano_ing=&dia_ing=&mes_ing=&ano_sal=&dia_sal=&mes_sal=&apartmentclose=&view=1569

    Percebi que o preço já subiu. Aluguei em junho por 200 dólares, mas agora já está 230.

    Em abril, o escolhido foi este, para 3 pessoas:

    http://www.bytargentina.com/re/propview.php?&ano_ing=&dia_ing=&mes_ing=&ano_sal=&dia_sal=&mes_sal=&apartmentclose=&view=1697

    O preço desse não mudou, mas a taxa de serviço da imobiliária era de 30 ou 35 dólares, e não de 45, como hoje.

  8. Esse aumento dos preços foi esquisito, vocês não acham? Tudo bem que a Argentina está sofrendo com a inflação, o que explica a alta dos preços nos táxis, restaurantes e tal… Mas daí a inflacionar em dólar é demais, né? 😉

  9. Carla
    Obrigada mesmo por tudo!!!
    Só esse blog tão completo já é uma grande ajuda e ainda poder ficar tirando minhas dúvidas diretamente então…
    E Alexandre acho que vou fcar na Vicente Lopez com Junin mesmo também. Que bom que é uma boa localização.
    Não pretendo andar de metrô lá não, só em último caso. Pelo que me lembro o metrô de lá é horrível! Eu achava que ele podia desfazer a qualquer momento!
    Estou tão animada! Tomara que dê tudo certo!
    Beijos

  10. Carlinha, você deve ter andado na linha A, que é a mais antiga do metrô e às vezes dá a impressão de que vai mesmo se desfazer a qualquer momento… 😆 Mas eu, que adoro coisas históricas (velharias, diriam alguns… ), curto à beça!!! As outras linhas não são ruins, não – só é uma pena que o traçado das rotas não ajude a cobrir melhor a cidade. Não descarte o metrô como uma opção antes de ver como estará o trânsito nos dias em que você estiver lá… Eu comecei a usar o metrô direto, algo que não fazia há uns 10 anos, depois que levei 40 minutos de táxi da Recoleta até às Galerías Pacífico…

  11. A linha D , a única que usamos , é tranquila . Não sei na hora do rush , mas é a forma mais rapida de chegar a Belgrano .

  12. Alexandre, obrigada por ter colocado o seu link! Tinha me esquecido que você tinha essas ótimas fotos do metrô! Carlinha, as fotos do Alexandre são da linha B – as outras, C, D e E são nesse mesmo estilo; só a linha A é mais antiga.

    Sylvia, eu usei o metrô dessa vez até na hora do rush – ou principalmente, nem sei… O trânsito estava tão ruim que eu estava preferindo o metrô cheio ao desperdício de tempo parada dentro do táxi… 😉

  13. Carla,
    agora finalmente sei que vou viajar…primeiro vi tudo e depois pedi férias…eu sei que não é muito inteligente…mas deu certo!!! Meu chefe aprovou!!! Penso primeiro na viagem vou me empolgando…empolgando….
    Então 2 semanas na Argentina. Ushuaia + El Calafate + Buenos Aires (com direito a Colônia).
    Obrigada Carla, Sylvia, Alexandre e se quiserem mandar mais dicas estou aceitando!!!

  14. A gente derscobriu que BsAs é uma gostosura tb no fim do dia , especialmente das 19 as 20h , quando tudo está aberto e a luzes todas acessas . Sempre que é possivel , voltamos para casa lá pelas 4, 5 da tarde para descansar um pouco, tomar banho , e sair antes das 7 da noite para caminhar mais um pouco e então ir direto jantar . Não esqueçam de sempre reservar mesa nos restaurantes para a noite , qualquer que seja o dia da semana .

  15. Carla
    Seu blog é maravilhoso, parabéns!
    Você ja fez a viagem Buenos aires -Bariloche?
    Dá para ir de onibus?
    Tem alguma dica de hospedagem ou passeios?
    Um abraço,
    Ana

  16. Ana, eu fiz apenas o sentido contrário, de Bariloche a Buenos Aires, quando fui aos Lagos Andinos. É possível fazer a viagem de ônibus, mas são 1800 km de distância, dá umas 20 horas! Mesmo de avião a viagem dura 2h e meia, ou seja, não é perto mesmo…

    Bom, já faz 8 anos que estive na cidade, e a pousada onde me hospedei não me agradou muito. Quanto aos passeios, fiz apenas os mais tradicionais: o Cerro Catedral, o Circuito Chico e uma volta pelo centro da cidade. Fiquei apenas um dia inteiro – cheguei do Cruce de Lagos uma noite, passei o dia seguinte todo lá e no terceiro dia na hora do almoço já tomei o vôo para Bs.As. Acho que sou quase uma nulidade em termos de Bariloche… 😳

  17. Carla,
    Um saludo desde BCN.
    Eu penso que é muito interessante alogar una apartamento e também económico, mas eu gosto dos hoteles, porque não he de fazer (limpiar, fazer a cama… e issas coisas tan prosaicas!)

  18. ….
    porque não he de fazer NADA (me comí a palavra nada por pura ilusão de não fazer nada)

  19. Carmen, um pouquinho de mordomia realmente é gostoso… 😆 Mas quando o apê sai bem mais barato do que o hotel vale a pena, né? 😉

  20. Carla,
    Sobre o aluguel do apto: o pagamento é feito em dólares e em cash e o depósito também? No mesmo valor do aluguel? É que depois que li aqui as dicas de aluguel, fiquei tentada a fazer o mesmo que vocês. Estou só um pouquinho insegura, pois dessa vez vou sozinha. Como funciona a entrega das chaves do apê, Carla? É direto no prédio?

  21. Tudo é feito direto no apartamento, Eliana. Entra no site pra dar uma olhada, tem alguns studios bem interessantes para uma pessoa se hospedar sozinha!

  22. Oi, Carla.

    Quero lhe parabenizar pela gentileza e atenção com que responde as dúvidas de tantas pessoas. Seu blog é maravilhoso. Achei-o pesquisando para minha viagem a Buenos Aires, e desde então, já devorei as informações contidas aqui. Depois de ler tantos comentários positivos, resolvi alugar um apartamento ao invés de ficar em hotel, já que estava planejando ficar 7 noites mesmo. Gostei de vários, mas os dois primeiros que tentei reservar não estavam disponíveis para os dias que eu queria. Já estava ficando frustrada, achando que não ia conseguir, então fiz a reserva de dois de uma vez (só para garantir). Hoje recebi a resposta que os DOIS estão disponíveis e pintou a dúvida: Qual alugar? Resolvi então perguntar pra você, uma especialista no bairro da Recoleta, qual a melhor localização entre os dois. Um fica na Peña com Uriburu e o outro na Rodriguez Peña com Posadas. O que você acha?

    Obrigada desde já pela atenção.

  23. Vânia, os dois endereços são bons. O da Peña com Uriburu fica mais próximo ao metrô; o da Posadas com Rodrigues Peña fica numa região mais charmosa da Recoleta, mais perto do agito e quase colada ao Patio Bullrich. A região da Posadas me agrada mais, particularmente. Mas como os dois endereços são bem localizados, acho que você pode se guiar pelos apartamentos em si e ver o custo-benefício.

  24. Carla,

    Vou passar o Reveillon por lá! Já aluguei meu apartamento (já é a segunda vez!!) e vou com meu namorado!
    Alguma dica bacana? Sugestão do que fazer na “virada”??

    Obrigada!!

  25. Cá, nunca passei um Ano Novo por lá, mas sempre ouvi dizer que não é muito animado – parece que o único lugar onde rola alguma agitação é o Puerto Madero…

  26. Carla,

    Já que os dois são bem localizados, vou optar pelo apartamento da Peña que é um pouco mais barato, além de ser maior e ter internet.

    Muito obrigada pela sua ajuda.
    Bjs.

  27. Faz todo sentido, Vânia. A região da Posadas é mesmo uma das mais caras da Recoleta – se o outro é mais barato, maior e ainda tem Internet, acho que eu faria a mesma opção! 😀

  28. Olá Carla,
    Poderia me tirar uma dúvida? Barrio Norte e Plaza San Martins são bairros próximos?
    Obrigada

  29. Carla, estou impressionada com a sua boa vontade! Parabéns! Seu blog é super esclarecedor. Minha família – 4 pessoas (2 adolescentes) vamos passar o Natal em Buenos Aires e seguir para Santiago, a principio pensei em fazer tudo de avião, mas vc me convenceu a descer para os lagos de carro, apesar do dolar! gostariamos de chegar em Ushuaia, acha que tem alguma possibilidade?

  30. De inicio parabéns pelo Blog, vc definitivamente me salvou. Sempre vou a Bs As, e nao aguento mais hotel, dessa vez vou sozinho. Irei ficar 5 dias. Tenho duas duvidas: A maioria dos apartamentos so alugam no minimo uma semana, como eu faço? Nao posso ficar somente 5 dias? Mesmo pagando pelos 7? Ou posso ficar somente os 5 e pagar pelos 5?

    Outra duvida, vc escreveu”O aluguel só é pago na chegada, em dólares cash, assim como o depósito de igual valor, que é devolvido pelo proprietário na saída.”

    Esse deposito de igual valor , como funciona? Ao pagar para o carinha pessoalmente na entrga da chave, terei que PAGAR O DOBRO é isso? E o valor pago a mais eh devolvido no final? Tipo: o aluguel é USD 200.00, terei que pagar os 200 + 200(a mais) : total 400. Sendo que 200 é devolvido no fim do aluguel.

    Espero que me ajudemmm!!

    Com relação a esses sites, sao realmente confiaveis??? To aqui revoltado, quase nenhum tem vaga para quando irei, INICIO de NOVEMBRO.

  31. Rose, eu só fui de carro de Santiago a Puerto Montt, então não sei te dizer como seria ir desde Buenos Aires até Ushuaia… De qualquer modo, prepare-se, porque deve ser muuuuuuito longe: de Bs.As. a Bariloche são cerca de 1800 km, e de lá até Ushuaia nem tenho idéia… Outra coisa: se você for alugar carro, é preciso verificar se terá autorização para cruzar a fronteira com o Chile.

    Pedro, os apartamentos costumam ser alugados por no mínimo 1 semana, mas você pode, sim, ficar menos tempo – pagando pelo período de 1 semana. Para 5 dias deve continuar valendo a pena, principalmente porque você pode marcar o horário de chegada e saída mais de acordo com a sua disponibilidade.

    O depósito funciona exatamente assim como você entendeu: você paga o dobro do valor do aluguel na chegada, e o proprietário do apartamento te devolve o depósito na sua saída. Eu aluguei pelo BytArgentina e todos os relatos de pessoas conhecidas que postei aqui são da mesma agência – achei super confiável, mas não sei te dizer se as outras oferecem a mesma qualidade de serviço.

    Sobre a disponibilidade dos apartamentos, é assim mesmo… Os melhores são reservados com bastante antecedência, 2 ou 3 meses ou até mais.

  32. Olá, Carla!
    Olha eu aqui tentando roubar um pouquinho mais do seu tempo. É que gostaria de saber se você conhece alguém que já tenha usado os serviços da Tienda Leon, mais especificamente o trajeto de ônibus de Ezeiza ao centro da cidade (Terminal Madero-Av. Madero esq San Martín).

  33. Carla
    Que ótima idéia esta sua!
    Aluguei um ap. p/ duas pessoas na Callao,próximo à santa Fé.Barrio Norte.
    Você tem noção deste endereço? Sabe se tem Supermercado próximo? E metrô?

  34. Nina, o endereço é bom, mas pode ser um pouco barulhento, porque tanto a Callao quanto a Santa Fe são avenidas bem movimentadas. Você tem metrô perto, sim, a umas 3 quadras de distância – a estação Callao, da linha D, fica na esquina de Callao com Córdoba. Já supermercado eu não me lembro de cabeça a localização exata, mas acho que o Carrefour Express da Avenida Santa Fe fica mais ou menos na altura da Ayacucho – deve ficar a umas 2 ou 3 quadras do seu apartamento.

    Pedro, não conheço essa empresa, não. Só aluguei com a BytArgentina.

  35. Carla, vc saberia me informar se essa localização é boa? Av. Libertador y Montevideo, parece q fica ao lado do Shopping Bullrich? À noite, seria tranquilo p sair?

  36. Denise, a localização é boa, sim. A única coisa que me preocuparia seria o barulho, caso o apartamento fique na própria Avenida Libertador, que é super movimentada.

  37. Oi, Carla,

    Quero deixar registrada a minha experiência com o aluguel de
    apartamento através da Bytargentina.
    Na verdade só fiz reservar, porque a escolha foi sua!!! Pois é, aluguei aquele que você ficaria no Carnaval … 😉
    A reserva para a semana passada foi feita em agosto já pelo preço de US$ 250,00 e taxa de de US$ 45,00.
    O estúdio é bem pequeno e, na minha opinião, bom para quem pretende passar o dia fora.
    As fotos do site estão bem próximas da realidade, sendo que, ao vivo, o que é branco está meio encardido.
    Gostei muito da localização, usei tanto o Subte D/Estação Callao como Estação Puyerredón. A rua não é muito barulhenta, mas o apartamento é no 6º andar, de frente, com sol da tarde. Nesta época, nos dias mais quentes, o ventilador de teto resolveu.
    O que incomodou um pouco foi o cheiro de gordura vindo do restaurante que fica embaixo.
    Considerei a relação custo-benefício muito boa e o atendimento da Bytargentina excelente. Foram devolvidas as mesmas cédulas deixadas em depósito.
    Muito obrigada mesmo pela super dica do aluguel e por todas as outras que consegui aqui. 😀
    Bjs

  38. Angela, já te agradeci pessoalmente, mas nada como ter registrado aqui o relato de quem viveu a experiência in loco!!! 😉

  39. Olá Carla…

    Minha viagem chegando e as dúvidas aumentando.. rsrs

    O que vc diz da localização Borges com Paraguay?!

    beijinhos :**

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *