... talvez mais do que a pizza!

Buenos Aires com crian̤as Рvale a pena?

O pequeno turista "acidental"...
O pequeno turista “acidental”…

Eu me fiz essa pergunta inúmeras vezes antes de me decidir a planejar uma viagem com o Jonas para Buenos Aires. Em viagens anteriores eu já havia visto muitas crianças pela cidade, claro, e a passagem aérea barata atrelada à facilidade de alugar um apartamento foram decisivas na hora de tomar coragem.

A pergunta em si não tem uma resposta definitiva… Comecei a pensar da seguinte forma: se moram crianças em uma determinada cidade, claro que tem que haver atividades para elas! A questão é saber se essas atividades demandam conhecimento da língua do lugar, o que pode ser uma barreira, e se são do agrado da nossa criaturinha em particular… 😉

Eu já tinha uma lista de lugares onde sabia que o Jonas gostaria de ir. Tinha certeza que ele ia curtir o  Jardín Zoológico,  como toda criança curte um zoológico daquele tamanho… Mas eu também sabia que ele ia amar o Jardín Japonés, porque gosta tanto de comida japonesa que vive dizendo que gostaria de ir ao Japão…  A partir daí, comecei a procurar online outras atividades que pudessem ser do gosto dele – perguntei no VnV, googlei “Buenos Aires com crianças” em português, inglês e espanhol, e fui anotando as sugestões.

A conclusão é que há muito mais atividades do que o tempo e o cansaço permitem levar a cabo… :mrgreen: Viajando com uma criança, o ritmo dos passeios é sempre uma incógnita – pode ser que um dia seja possível sair de casa cedo, e fazer várias atividades; mas também pode ser que outro dia a figurinha queira ficar vendo desenho animado na TV e seja preciso inventar mil e uma histórias pra estimular o mocinho a querer ir pra rua… (Aproveitei uma manhã de chuva pra sair sozinha com a minha mãe para umas comprinhas, enquanto ele ficava em casa com o meu pai vendo um pouco de TV… 😉 )

Uma técnica que testei e funcionou, ao menos no caso do Jonas, foi sempre bolar o roteiro diário em torno das atividades que interessassem a ele, e intercalar uma ou outra coisa que os adultos quisessem fazer. Mas é importante lembrar que pode ser que não dê pra fazer tudo o que se gostaria – até porque é preciso ter um fôlego de atleta olímpico pra acompanhar o pique dos pequenos!!! 😀 Eu, que em Bs.As. estou acostumadíssima a sair pra rua por volta das 8 da manhã, tomar café, passear o dia todo, voltar no fim da tarde, tomar um banho e ir pra rua de novo, dessa vez estava saindo quase às 10 e no meio da tarde já estava pedindo arrego… 😳

Nos planos iniciais, separei vários lugares especificamente para ir com o Jonas – marquei com um asterisco os que sobraram para a próxima vez…

1. Puerto Madero – buques-museo Fragata Sarmiento* e Corbeta Uruguay;

2. Museo Participativo de Ciencias “Prohibido No Tocar” (Centro Cultural Recoleta);

3. Jardín Japonés;

4. Jardín Zoológico;

5. Parque de Palermo / El Rosedal;

6. Museo Argentino de Ciencias Naturales (ou, nos meus diálogos com o Jonas, o “Museu dos Dinossauros”);

7. Museo de los Niños (Shopping Abasto)*;

8. Reserva Ecológica*;

9. Tigre: Tren de la Costa, Parque de la Costa, Museo Naval*;

10. Bioparque Temaiken*.

Nos próximos posts, vou destrinchar o nosso dia-a-dia – sem transformar Bs.As. em outra novela… 😉

165 comentários em “Buenos Aires com crianças – vale a pena?”

  1. Oi Carla,

    Acabei caindo no teu site por causa das minhas pesquisas sobre BAires. Tenho um poquinho de vergonha de perguntar, mas vai lá:

    pretendo ir para lá em novembro, dias 23 até dia 30 e vou alugar um apê e queria que fosse na região da recoleta, vc poderia me ajudar a escolher algum, se não for incômodo ?

    Se vc puder me ajudar ficarei muito feliz ! Pois acho que para marinheiro de primeira viagem, o mapa não me diz muitas coisa…

    Vamos eu e minha esposa e mal podemos esperar para estar lá e contar como foi a primeira viagem internacional ! =)

    Ah, também gostamos de longas caminhadas hehehehe !

    [ ]s

  2. O Jonas tá todo posudo agora, parece o Neo de Matrix com os óculos escuros. E a lógica foi boa; se tem crianças numa cidade, claro que tem atividades para kids.
    Mas vcs não foram na fragata Sarmiento? Fica pra próxima…

  3. Ok Carla,

    Vou ver uns links e posto aqui sim !

    Muito obrigado ! Vc não sabe como seu blog ajudou !! Ponto de referência total ! =D

  4. A idéia era ir na Sarmiento, Arthur… Eu já tinha ido nas duas, e prefiro a Sarmiento. Mas almoçamos no antigo La Caballeriza, e a Uruguay fica praticamente em frente – daí o moço se empolgou, visitamos a Uruguay e depois ele não teve paciência para outra… 😉 Foi bom pros meus pais, que também já conheciam a Sarmiento, mas não a Uruguay!

    Mac, pode colocar os links lá no post dos apartamentos mesmo que a gente vai lá olhar! 😀

  5. Ta bom, obrigado !!

    Uma outra dúvida, o Unicenter de San Martin (acho) vale a pena a visita ?

    Obrigado e desculpe mais essa encheção!

  6. Oi Carla! Adoro o seu blog, é uma referência! Uma dica para a criançada em BsAs é uma visita ao Planetário ( http://www.planetario.gov.ar/indexnuevo.html), fica bem pertinho do Rosedal. Tem ainda um guia em PDF da página oficial de turismo de BsAs com várias dicas! (http://estatico.buenosaires.gov.ar/areas/turismo/letras/pdf_direccionario_por.pdf) Citei você no meu último post, adoraria a sua visita lá no blog! Abraço!

  7. Mac, eu nunca fui ao Unicenter, não sei te dizer se vale a pena…

    Marco, valeu pela dica do Planetário! Essa eu só soube lá, e nem deu tempo de conferir… Ah, obrigada pela citação lá no Buenos Aires Dreams! 😀

  8. Passando por aqui para matar as saudades de vc. Afinal aqui eu não passava há tempos, mas vc eu felizmente vi na sexta!!! Seu sobrinho é um charme!!1 Que atitude!!! Esse vai dar trabalho hein!!! (e antes que a Sylvia diga qq coisa, meu namorado é bem mais velho que o Jonas rsrs) bjs

  9. Olá Carla,

    Nos últimos meses nós, do portal linguístico bab.la (http://pt.bab.la/), temos trabalhado em dois novos produtos lançados recentemente. Queremos compartilhá-los com você, que escreve sobre viagens.

    Nosso Guia de Sobrevivência está disponível para download gratuito (http://pt.bab.la/viagens/guia-de-sobrevivencia/ ) e contém as palavras e frases mais importantes e necessárias quando se viaja ao exterior. Ele está disponível em 14 idiomas diferentes. Com todas as combinações possíveis de línguas, no total são mais de 500 arquivos em PDF.

    O Guia de Frases (http://pt.bab.la/frases/) foi desenvolvido com base na sugestão de usuários, que pediram um recurso útil para a escrita em língua estrangeira. Ele contém centenas de frases úteis para inscrições, uso acadêmico, empresarial e pessoal. O Guia de Frases é uma ótima fonte de inspiração quando se precisa de uma frase introdutória para dissertação, carta motivacional ou para formular um e-mail comercial.

    Gostaríamos de sua ajuda: conte aos seus amigos, colegas, coloque um link em seu website: deixe que outras pessoas saibam sobre os nossos novos produtos para que possam usá-los gratuitamente!

    Por fim, por favor envie-me os seus comentários ou perguntas sobre qualquer um dos produtos. Será um prazer receber a sua opinião.

    Atenciosamente,
    Priscila Andrade

  10. Carla, eu sou doida pra levar meu sobrinho pra viajar! Mas ele já tem quase 4 anos e até hoje minha irmã não deixa nem ele vir passar uns dias na casa da madrinha… :-(

    Seu sobrinho está lindo!

    Beijos!

  11. Marco, que achado! Adorei!!! 😀

    Camila, o Jonas só começou a viajar sem a mãe esse ano, e ele já tem quase 7 anos… Deixa o seu sobrinho crescer mais um pouquinho e a sua irmã vai deixar ele ir passar uns dias com você, sim! 😉

    Ele tá lindo mesmo, né? 😳

  12. Carla,
    Olá!
    Fiquei parcialmente desconectada da internet, mas lerei atentamente os seus posts! Minha sobrinha só faz 2 anos em dezembro, mas já estou pensando em viajar com a pequena. Quando ela crescer um pouco mais, claro! Tenho certeza que suas dicas serão, como sempre, preciosas!
    Ah! O Jonas e o seu afilhado são lindos! parabéns!
    Pena que a gente não se encontrou nas reuniões da semana passada!
    Bjs

  13. Carla,

    Eu achei ótimo o seu post!
    Estou pretendendo fazer Bs.As. e Bariloche com meu marido e filho de 6 anos (mesma idade do Jonas!) em julho.
    Eu sei que está longe, mas morro de medo de viajar com Caio e me atrapalhar. Por isso estou planejando com tanta antecedência.
    Adorei suas dicas e estou passando adiante no meu blog! Deixei a dica do seu blog lá no meu. 😉

    Bjs!

  14. Olá, Carla, cheguei aqui através do post no Quartinho da Dany que nos direciona até você. Amei as sugestões, geralmente ligamos Buenos Aires a uma viagem romântica , mais para adultos. Muito boa a dica!
    bjos

  15. Oi, Dany! Quanto tempo!!! 😉 Puxa, acho que as minhas dicas vão encaixar direitinho pra vocês, que bom! E obrigada pelo link!

    Katia, Bs.As. continua romântica, mas me mostrou uma faceta bem interessante dessa vez… 😀

  16. Carla;
    Coincidentemente estou em Bsas…com meus filhos pequenos e um casal com filho. Estamos nos divertindo muito! O museo de los niños é fantástico!Conto detalhes na volta.Abs.

  17. Só vou ter dizer duas coisinhas:
    1 РVc vai facilitar muito minha vida em BsAs com as crian̤as!
    2 – MUITO OBRIGADA!!!
    Bjo 😉

  18. Carla;
    Cheguei ontem de Bsas e como já postei lá no viaje, obrigadíssima pela dica do Bar Sur, amei!!!!! É realmente um lugar sui generis…delicioso! Dancei muito!
    Quanto às crianças, não sei quem é o doido que diz que Bsas não é local para crianças. É a segunda vez que vou com meus filhos ( eles têm 5 e 9 anos) e eles amaram! No primeiro dia fomos ao tigre, via trem de la costa. Foi bem legal. No segundo dia nos dividimos ( os meninos foram ao estádio do Boca e as meninas…à casa da Barbie na Scalabrini Ortiz- GENIAL!).No 3º dia fomos ao shopping Abasto onde tem uma NEVERLAND ENORME, com vários brinquedos legais ( mini montanha russa, balão, mini trem, etc…) e a tarde, lá no shopping mesmo fomos ao Museo de los ninos…é genial. São 3 andares de mini tudo ( mini mc donalds, mini fábrica, mini hospital…as crianças se vestem à caráter e se sentem trabalhando nesses lugares! O máximo!
    No quarto dia fomos ao Zoo e depois fazer umas comprinhas no centro. A noite os levamos para jantar em puerto madero e passeamos pela ponte. Enfim. Bsas é linda, até mesmo para crianças!
    Ah…quem pretende viajar com crianças para Bsas também não deve deixar de visitar esse blog aqui: http://buenosairesparaninos.blogspot.com/
    Bjs

  19. Pois é, Ana, eu também tive uma experiência ótima com o meu sobrinho! Fomos a vários lugares que ele curtiu à beça e ainda sobraram muitos outros para novas viagens! 😉

  20. Oi, Carla. Cheguei aqui pelo blog do Riq porque o assunto viagens com crianças muito me interessa. Tenho uma filha de 18 meses e outro chegando em abril, e meu objetivo é nunca parar de viajar, levar meus pimpolhos comigo e plantar o bichinho carpinteiro de querer conhecer o mundo neles tb. Vou voltar com mais calma para ler outros posts! Parabéns pelo blog.

  21. Oi,

    Respondendo ao Mac, o Unicenter é uma tremenda roubada! Longe, feio, com um tremendo cheiro de cigarro (na provincia de Bs As nao eh proibido, soh na capital).

    Nao vale a pena o tempo perdido e o custo do taxi. Se quiser fazer compras procure os outlets na regiao de Palermo Viejo e Abasto.

    Abs,
    Sandro

  22. Aline, eu sou super a favor de acostumar os pequenos a viajar desde cedo. Meus pais faziam isso comigo e meus irmãos e, ao menos no meu caso, deu no que deu… 😉

    Sandro, obrigada pelo feedback! Sempre me perguntam sobre o Unicenter, mas eu nunca achei que valia a pena ir até lá conferir…

  23. Oi Carla,

    Adoro o seu blog. Descobri ele através do Viajenaviagem. Resolvemos ir a Buenos Aires, meio que de ultima hora. Vou com 2 filhos de 2 e 4 anos de 16 a 23/02. Acho que vou aproveitar a sua experiência no segundo apê portenho e ficar nele também. Já vi que estará vago. Queria te perguntar se há supermercado perto do apê e se há internet. Meu marido não aguenta ficar desconectado quando viajamos. Obrigada. Abraço,
    Celia

  24. Oi Carla,

    Estou deseperada… Tomara que vc possa me ajudar, estou com viagem marcada pra dia 11/02 e tinha decidido entrar no pais com meu passaporte, que é valido até junho de 2010, pesquisando na internet vi que alguns paises pedem 6 meses de validade mínima… ai o motivo do meu desespero. A Argentina tb exige isso? Minha carteira de identidade é de 1995 e estou com medo.
    Abraço.

  25. Celia e Lu, me desculpem a demora! Estou viajando e fiquei 2 semanas sem acesso à Internet. Agora acho que as minhas respostas não vão chegar a tempo para ajudar a vocês, mas vou registrar aqui mesmo assim…

    Celia, no apê tem Internet, sim – e há mais de um mercado na região. Eu gosto muito do Coto da French, quase na esquina com a Pueyrredón, mas na própria Larrea tem um Disco, a umas 2 quadras do apê somente.

    Lu, a maioria dos países costuma pedir que o passaporte seja válido por 6 meses, sim, mas eu não sei te dizer qual é o grau de flexibilidade dessa exigência… Sobre a identidade, o mais importante é que seja fácil te reconhecer na foto – daí vem a exigência de que o documento seja recente. Se você passar por aqui novamente, conte qual foi a sua experiência, Ok?

  26. Olá, adorei seu post! Muito legal, vou viajar com meu bebê de 1 ano e 4 meses, com minha esposa. Quais as dicas que daria pra fazer empurrando um carrinho de bebê?? :)
    Pretendo levar um celular e lá comprar um chip de lá, para fazer ligaçoes locais, taxi, restaurantes, etc. sabe algo sobre telefonia pré paga lá?
    grato,

  27. Ola Carla,
    Estou indo para buenos Aires ,com minha irma de 11 anos,só que ela é bem aveitureira,gostaria de saber oq vc indica para fazermos la….vamos ficar 6 dias em junho….
    obrigada
    Milena

  28. Milena, acho que as indicações do post podem ser apropriadas para ela também – basta ficar atenta ao gosto dela, saber o que ela curte fazer…

    Vale também fazer uma visita ao blog do JB – lá ele conta a experiência de passar uma semana com a filha adolescente e uma amiga dela em Buenos Aires no último verão. Acho que você deve tirar boas dicas! O link é esse aqui: http://jbtravel.wordpress.com/category/argentina/buenos-aires/

  29. Carla,
    Parabéns pelo ótimo blog. Lendo o relato da sua viagem com o Jonas eu me decidi a levar meus dois filhos (um menino de 9 e uma menina de 6) para Buenos Aires, juntamente com esposa, sogro e sogra (6 pessoas no total) embarco na semana que vem. Me diga sua opinião sobre alguns assuntos, por favor, primeiro, como estamos em seis pessoas nossos deslocamentos obrigatoriamente exigem dois táxis (se não der metrô ou ônibus, lógico), daí, o que vc acha de alugar carro em Bs.As.? É fria? É problemático? É bobagem? segundo, o Temaiken vale a pena? Alguma dica extra.
    Obrigado e parabéns.
    Marcelo

  30. Marcelo, eu acho que mais vale tomar 2 táxis do que alugar carro em Bs.As. O trânsito é uma loucura, e vocês vão acabar perdendo muito tempo buscando estacionamento – e o táxi é baratíssimo!

    Sobre o Temaikén, eu não cheguei a ir, então não posso te dar uma opinião pessoal. Mas amigos que já foram aprovaram a visita e eu mesma tenho muita vontade de conhecer o parque. Dá uma olhadinha aqui: http://jbtravel.wordpress.com/2010/02/28/buenos-aires-para-adolescentes-dia-4/

  31. Oi Carla,

    Decidi de última hora viajar nestas férias e estamos pensando em Buenos Aires. Vai a família toda (casal + duas filhas com 3 e 4 anos).

    Você sabe dizer se o frio nesses meses de julho/agosto atrapalha demais a viagem, principalmente considerando as duas crianças?

    Vamos com roupas apropriadas para o clima, mas como moramos no nordeste nossas filhas não estão muito acostumadas…

    Muito Obrigado e parabéns pelo site e dicas…

    Fred

  32. Fred, faz bastante frio, sim, mas não costuma chover – então, com bons casacos, gorros e cachecóis vocês estarão bem protegidos! Aproveitem! 😉

  33. Carla

    Primeio, “gracias” a vc pela paciencia e bom senso ao elaborar um website tao util quanto interessante. No inicio de julho viajei a Buenos Aires com minha familia (marido e dois filhos, 4 e 9 anos). O roteiro da viagem foi totalmente elaborado com pesquisas no seu site, dicas do JB (BsAs com adolescentes) e no ViajenaViagem, lógico, biblia dos que amam viajar.
    Nem preciso dizer que a viagem foi maravilhosa, aproveitamos todos os 9 dias com passeios e refeicoes gloriosas. Posso dizer que BsAs com criancas é possível sim e eles suportaram cada minuto com alegria e boa vontade. Alias, ja querem voltar.
    Eu, que gosto de organizar previamente cada minuto das viagens, mas passo longe dos pacotes tipo CVC, tenho seu site e os outros citados, como meus guias favoritos de viagens.
    Grata pelas dicas essenciais e pelo sucesso estrondoso das minhas ultimas ferias
    Estou sempre com vc!

    ANA

  34. Oi Carla

    Como as suas dicas foram muito preciosas e me ajudaram muitissimo, gostaria de dizer ao Marcelo que vale muito a pena visitar o bioparque Temaiken, na provincia de Escobar. Nao e tao longe e o local proporciona otimos momentos. E lindo e muito bem cuidado. Fomos num sabado e estava relativamente vazio (nem se compara ao zoo de SP nos sabados, que pode ser bem traumatico…). A areä em que ficam as aves e “show”, pois os viveiros sao grandes e as pessoas caminham lado a lado com as aves soltas. O aquario tambem e interesante. Fica a dica: com criancas e um passeio completo, de um dia inteiro.

    ANA

  35. Ana, super obrigada pelo seu relato! Fico feliz por ter contribuído para que as suas crianças tenham aproveitado bem a viagem! 😉 (E a dica do Temaiken vale pra mim também, que tenho vontade de ir, mas ainda não experimentei…)

  36. Carla e Ana,

    obrigado pelas respostas e comentários, valeu mesmo. Ana, valeu pela força sobre o Temaiken, acho que vou levar os baixinhos lá e depois conto aqui. Vc já foram, ou ouviram comentários sobre outro programa mais afastado de Bs.As., a República de Los Niños, em La Plata. Outra coisa Ana, qual a melhor forma de ir ao Temaiken? Taxi tb?
    Obrigado. Abraços.
    Marcelo

  37. Marcelo

    Como meu marido estava a trabalho lá nossa primeira parada foi na cidade de Pilar, onde ficamos dois dia.No sábado iriamos para Buenos Aires, pegamos um remiss de manha, que nos deixou no Temaiken, em Escobar, por volta das 11h e retornou para nos buscar por volta das 16h(alias digo que o tempo foi curto pois almocamos dentro do parque no restaurante tipo churrascaria, e nao estava muito bom nao, la acho melhor encarar uma das opcoes de fast food mesmo. A carne estava muito gordurosa e o frango chegou a mesa cru, eca!!!) e dai seguimos para BsAs.
    Sobre ir de onibus, o JB relatou em seu blog que a viagem foi longa. Entao, com criancas, para nao ficarem cansadas logo de inicio, considere fazer um preco fechado com algum taxista ou contratar um remiss em BsAs (no hotel eles podem te indicar). Mesmo ficando um pouco mais caro pode valer a tranquilidade do passeio. Mas nao deixe de ir pois sera inesquecivel.
    Tambem recomendo com criancas (valeu, Carla as dicas, mais uma vez!) Jardin Japones e o Rosedal, o Prohibido no Tocar no Centro Cultral da Recoleta, se vc tiver filha, uma passadinha na Barbie Store, para fazer manicure, é mais barato do que fazer as unhas aqui, e é uma overdose de rosas e brilhos.
    E Carla, mais uma vez, obrigada pelas dicas gastronomicas tambem, a Brasserie Petanque foi um arraso.Passeamos pela feirinha no domingo e, apos caminhar sem pressa, como vc sugeriu, pela Defensa almocamos lá. Tambem tiramos fotos com a estatua da Mafalda.
    E nao podem faltar as compras nos outlets da Calle Aguirre e redondezas. A loja da Cheeky é campea para comprar roupas de criancas. Ja ha alguns anos compro la pois meu marido viaja a cada 3 meses, mas neste outlet os precos estao melhores do que nos shoppings. Alias shopping so para passear e tomar sorvete, pois os precos estao salgados. Vale pegar uma promocao na Falabela ou Zara e brinquedos tambem sao mais baratos.
    Cuidado com as dicas dos taxistas. Eles dizem que conhecem um distribuidor da Lacoste, Nike, Puma etc e te levam em lojas de rua com precos normais. Nao cobram a corrida, pois o lojista paga. Lá os precos sao salgados iguais aos daqui. Porem alguns nos deram dicas boas… (fique esperto). Utilizamos bastante taxi em BsAs e nao tivemos problemas. O metro tambem é tranquilo, com criancas melhor se nao pegar em horario de pico.
    Ufa!!! Acho que teclei demais, mas realmente a viagem foi um sucesso. BsAs com criancas e sensacional. Principalmente quando vc pesquisa bastante antes nos lugares certos. (Valeu, Carla).
    Abracos
    ANA

  38. Marcelo! Ah! Esqueci de mais um passeio que fizemos: Tigre. Pegamos o Tren de la Costa na estacao Maipu, chegando lá de taxi a partir do hotel, que ficava na Recoleta. Só o paseio de trem já vale, é bem agradavel e mostra outra faceta da regiao. La decidimos fazer o passeio de barco, optamos pelo catamara, pois com criancas achamos que de lancha seria incomodo. O dia estava estava lindo, mas venta muito e é frio. O passeio dura uma hora e meia. Passeamos pelo Mercado de Frutas. Fomos numa terca-feira. E é justamente neste dia que muitas lojas nao abrem. Porem muitas estavam abertas. E no final foi bom, pois o local estava relativamente vazio. Nos finais de semana fica muito cheio e há filas para os passeios. O incoveniente é que o Parque de la Costa, de diversoes radicais, só abre nos finais de semana. Vale passear do outro lado da estacao, visitar o museu naval e comer por la, os restaurantes sao charmosos (a Sandra dá uma dica otima).
    Mais uma vez acertamos em cheio, o saldo foi positivo…

    Sobre a Republica de Los Ninos nunca ouvi a respeito. Nao posso opinar…

    Abracos
    ANA

  39. Uau, Ana, vocês aproveitaram à beça! 😉 Mais uma vez, obrigada pelas dicas e por todos os detalhes – são preciosos não apenas para mim, mas para todos que vierem pesquisar aqui no blog!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>