Uma tarde na Plaza de Armas

No iní­cio da tarde deixamos o bairro de Pueblo Libre e fomos para o centro histórico de Lima, para finalmente conhecer a linda Plaza Mayor, ou Plaza de Armas. Não sei se posso afirmar categoricamente que toda cidade de colonização espanhola tem uma Plaza de Armas, mas até onde sei, é isso o que acontece. A Plaza Mayor de Lima deixa bem clara a importância do Peru para a Coroa Espanhola – é uma praça enorme, belí­ssima, rodeada por palácios e igrejas, cada um mais lindo do que o outro.

A Plaza de Armas, ou Plaza Mayor

A Plaza de Armas, ou Plaza Mayor

Um dos edifí­cios mais imponentes da praça é a Catedral de Lima. Sua construção durou quase 100 anos, da primeira metade do século XVI à primeira metade do século XVII. Infelizmente ela estava fechada para visitas no dia em que fui, e não pude conferir o interior… 🙁

A Catedral de Lima

A Catedral de Lima

Detalhe da Catedral

Detalhe da Catedral

Outro prédio belíssimo é o Palácio Arcebispal, com seus entalhes em madeira:

O Palácio Arcebispal

O Palácio Arcebispal

Na praça também está situado o Palácio de Governo, onde tivemos a sorte de assistir a uma inusitada troca da guarda ao som de “El Condor Pasa” – por essa eu não esperava… 😉

Troca da guarda no Palácio de Governo

Troca da guarda no Palácio de Governo

Para dar conta da importância da Plaza de Armas de Lima, faço minhas as palavras de Rui de Oliveira e Sousa, que a visitou em 2007, e assim a descreveu em seu site “Mundo Português“:

Trata-se do local mais importante do centro histórico de Lima, que, ao longo dos anos, foi testemunha do que de mais marcante teve lugar na cidade. Foi aqui que em 1541, os apoiantes de Diego de Almagro chegaram, entraram na residência de Pizarro e acabaram com a sua vida. Foi ainda aqui que tiveram lugar as festividades aquando da chegada de novos Vice-Reis, as celebrações relacionadas com a vida polí­tica e religiosa do Vice-Reino, bem como os autos de fé da Inquisição, também eventos teatrais e touradas em meados do século XVIII, e, até, a proclamação da independência do Peru, feita pelo General José de San Martin em 28 de Julho de 1821, ou seja, tudo que de mais significativo aconteceu em Lima, teve lugar na Plaza de Armas.

20 thoughts on “Uma tarde na Plaza de Armas

  1. Pingback: Idas e Vindas – Viagens e Aventuras » Bolívia e Peru – o índice da viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *