De volta a José Ignacio

Há pouco mais de 3 anos, quando fui a Punta pela primeira vez, contei que não tive muita sorte com o tempo – peguei dias de chuva, e acabei não curtindo tudo a que tinha direito. Um exemplo foi a minha ida a La Barra e José Ignacio –  por mais que se busque fazer um exercício poético, que graça tem ver praias super bonitas debaixo de chuva?!? 😯

A ponte de “corcovas”

Dessa vez, embora fosse baixa temporada e soubéssemos que praticamente não haveria movimento em La Barra e José Ignacio, não dava pra desperdiçar o dia bonito – e lá foi a trupe cruzar a ponte…

Farol de José Ignacio

Pelo caminho confirmamos que não é exagero dizer que essa região morre na baixa estação – as lojas estavam fechadas, assim como boa parte dos restaurantes. Mas a nossa intenção era contemplar a paisagem – e o dia ensolarado, com esse céu azul, estava perfeito!

A praia de José Ignacio

Vejam só a cara de felicidade de quem já saiu correndo dessa praia debaixo de chuva… 😳

José Ignacio com sol? Nem acredito…

Aproveitamos o dia bonito para fazer várias fotos…

Modelos…

… com direito até ao making of:

… e fotógrafo! 😉

No caminho de volta à Península ainda demos uma paradinha para fazer umas fotos da casa que deixou a todos fascinados na ida, à beira-mar em La Barra:

“A” casa

Descobrimos depois, por acaso, que a preciosidade estava à venda – por apenas US$ 3.5 milhões… 😉

9 thoughts on “De volta a José Ignacio

  1. O que acaba com qualquer intenção de programa rapido no Uruguai, são os voos para la, poucos e os horarios pessimos, e os da Gol todos tem escala em Porto Alegre. A gente perde um dia viajando , quando deveria fazer isso em tres horas no maximo

  2. Ei Carla!!

    Realmente com sol tudo fica diferente. Eu sempre acho que fica muito melhor!!

    Carla, preciso de ajuda. Estou indo pra Buenos Aires no final do mês e não sei se devo levar dólar ou peso. Me ajuda por favor…

    Bjs!!

  3. Oi Carla

    Sempre vejo seus comentarios lá no VnV do Ricardo Freire.. Comecei a seguir você no Twitter.. Mas não me lembro se já havia visitado seu Blog!!! Parabéns..

    Adorei..

    Prometo voltar mais vezes!!! Ja vou add vc nos meus favs la do Blog 😀

    Bjks

    Oscar

  4. Bernardette, os vôos pra lá são mesmo um horror em termos de horário!!! Só a Pluna tem vôos diretos, mas o preço também não ajuda, né?

    Simone, leve reais mesmo e troque no Banco Nación, à direita do desembarque em Ezeiza – ou saque direto da sua conta corrente, com cartão de débito internacional.

    Oscar, nem vale muito a pena me seguir no Twitter, não… Eu quase não apareço por lá… 😆 Mas aqui no blog estou presente com mais freqüência – e agora vou te visitar no seu mais vezes também, porque estou devorando toda info de vocês sobre a Ásia… 😉

    Lu, em agosto não vale ir a Punta mesmo, não… Em abril já fazia um friozinho, a gente tá de casaco nas fotos o tempo todo… Mas quando o tempo está mais quentinho (ou menos gelado…) Punta é tudo de bom!!! 😀

  5. Legal Carla…

    A fase asiática do MauOscar era bem amadora.. Vários Posts estão sem fotos inclusive.. Mas se precisares de qualquer coisa e só dar um alo!!

    Bjks

  6. Olá Carla! Vc acha que consigo ir a Lá Barra e a José Ignácio no mesmo dia e com uma criança de 2 anos e meio? Bjs e obrigada

  7. Cela, La Barra fica no caminho para José Ignacio. Talvez seja até mais simples visitar as duas em um único dia do que se deslocar mais de uma vez. Mas acho que não vale a pena fazer um planejamento muito fechado quando se viaja com uma criança pequena. Experimente e veja como ela reage, sem se obrigar a completar o passeio – se não der dessa vez, deixe para a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *