Hotel Neruda – Santiago

Entrada do Hotel Neruda – Providencia

Essa foi a terceira vez que fui a Santiago – como das outras vezes, fiquei hospedada na Providencia, dessa vez no Hotel Neruda. A Providencia é um bairro bastante residencial que, na minha opinião, tem as mesmas qualidades que a Recoleta, em Buenos Aires, para quem vai turistar – é central, perto de tudo, bem servido de transporte (metrô, inclusive) e super tranqüilo.

Nosso quarto triplo era enooooorme!!!

Eu tinha recebido muitas dicas interessantes de hotéis no post que o Riq tinha feito lá no VnV para pedir dicas para a minha viagem. Infelizmente, tive que deixar vários hotéis de lado porque não ofereciam quartos triplos…

Optei então pelo Neruda, que tinha sido bem recomendado pelo Arthur, e estava com um preço muito bom no Hotel Club: US$ 140 a diária do quarto triplo, para pagamento apenas no checkout.

Outro ângulo do “latifúndio”… 😉

O quarto era quase uma mansão suspensa – imenso, com 3 camas de casal, e muito espaço para circular! Eu, que adoro espaços amplos, achei excelente!

O banheiro também ganhou a minha aprovação – embora fosse já meio antigo, estava muito bem conservado, e era bem claro, limpo e espaçoso. Pena que não consegui uma foto em um ângulo mais feliz, para mostrar bem o tamanho, mas resolvi incluir a foto mesmo assim, porque sei que banheiros bem cuidados são uma preocupação constante em viagens… 😉

Banheiro antiguinho – mas espaçoso, claro e limpo!

Tive uma única queixa do hotel: achei o café da manhã super bagunçado, uma confusão daquelas… O serviço era desorganizado, os itens acabavam e não eram repostos, enfim, não achei legal para um hotel que se propõe a ser um 4 estrelas…

21 thoughts on “Hotel Neruda – Santiago

  1. Carla,

    sempre passeio pelo seu blog, mas essa é a primeira vez que comento.

    Aproveitando este post sobre o Hotel Neruda, gostaria de deixar uma dica bacana: escondido atrás do Hotel Neruda, no mesmo edifício, porém entrando pela lateral do prédio, está o Apart Hotel Cambiaso. Pertence à “hoteleria Neruda”, tem os mesmos quartos espaçosos e bem equipados, acrescidos de uma mini cozinha super funcional. Já me hospedei lá em duas oportunidades, sendo uma delas com meus pais idosos. Recomendo totalmente. Ah, o detalhe: o preço é pelo menos 3 vezes menor que o irmão gemeo Neruda.

  2. Olá. Sou solteira e tenho grandes dificuldades de encontrar opções de viagens para mim (já vi opções para a categoria casal, casal com crianças, terceira idade, GLS; mas para solteiros está difícil). Assim, gostaria de sugerir e inclusão desta categoria no blog (com tudo que os(as) solteiros(as) tem direito.
    Mais precisamente, no meu caso, estou sem companhia para viajar (ai fica mais difí­cil) – já combinei com amigas, mas na hora elas não querem e as desculpas são inúmeras (namorado, sem dinheiro, medo) e eu nunca vou viajar (por medo de ir sozinha e por não conhecer nada, mas se tivesse um roteiro/dicas isso me daria mais coragem) – como vou sozinha a minha intenção não é um hotel caro e sim um hotel simples/econômico, mas que não seja um albergue também. Tenho que assim como eu muitas outras pessoas tenham a mesma dificuldade. Deste modo quero sugerir (e implorar, rs rs) a abordagem do referido tema no blog.
    Gostaria, ainda, de sugerir que o site/blog disponha de outros modos de segui-lo; por exemplo, através de e-mail, onde as postagens do site/blog sejam remetidas diretamente ao e-mail, mas tem outros como o Google Reader (mas tem que ser blog do Gmail, diga-se do blogspot).
    Obrigado.

  3. Edmara, o seu pedido é super válido, mas acho que eu não sou a pessoa indicada para resolvê-lo, por uma razão bem simples: eu mesma nunca viajei sozinha, e não acho legal dar dicas de segunda mão, coisas que ouvi dizer mas nunca coloquei em prática… 😉

  4. Carla, Boa Noite.

    Para quem nunca foi a Buenos Aires como eu, é possí­vel ir sem pacote? Alugando apartamento e fazendo os passeios apenas levando as suas dicas daqui do blog?

    Obrigado,

    Guilherme.

  5. Olá

    somos três amigos que adoram viajar e decidimos criar um blog para mostrar um pouco mais do nosso estado – Sergipe!

    O http://www.agenteviaja.com foi lançado ontem com a proposta de dividir nossas descobertas no estado sergipano com todos que se interessam por conhecer lugares diferentes.

    Queremos estreitar relações com os blogs sobre turismo e estabelecer parcerias. Temos a seção Viaje nesses links, e gostarí­amos de contar com o seu blog nela. Acesse nosso site, divulgue, seja nosso parceiro!

    Queremos saber sua opinião!

    Abs,

    Kadydja Albuquerque
    @kadydja
    @agenteviaja

  6. Olá Carla,

    Parabens pelo site. Adorei a descrição que vc deu sobre o Hotel Neruda mas estou super confusa porque me parece que em Santiago tem vários hoetis Neruda, Neriuda Expressa, Pablo Neruda… emfim, vc sabe me informar se este Hotel Neruda que vc se hospedou´fica na Rua Pedro Valdívia nº 164?

    Fico muito grata pela resposta,

    Um abraço,

    Márcia

  7. Márcia, o Hotel Neruda de que eu falo é esse, sim – não é o apart-hotel, que fica no mesmo endereço, nem o Express.

  8. Carla, também fiquei em um quarto como esse no Neruda. E o nosso era twim…imagine, dava pra fazer um baile!!! Mas acho…ao final…que sobrou espaço mas faltou aconchego neste hotel. O pessoal da recepção era muito “seco”. E o café, é mesmo como vc falou…”meio bagunçado”!

  9. TENHO RESERVAS PARA 4 ADULTOS E DUAS CRIANÇAS PARA O DIA 23 DE SETEMBRO,UMA PROMOÇÃO QUE COMPREI DA GROUPALIA.
    DEVIDO AOS TUMULTOS DESTES DIAS COM A GREVE DOS ESTUDANTES,PEDI A AGENCIA DE VIAGENS QUE QUERIA MUDAR A DATA DA VIAGEM.
    NÃO CONSIGO MAIS FALAR COM A AGENCIA,NÃO CONSIGO O TELEFONE DO HOTEL,O QUE EU FAÇO.
    POR FAVOR ME AJUDEM.
    OBRIGADA

    • Helena, acredito que só mesmo a agência possa mudar a sua reserva. Entretanto, se você quiser entrar em contato direto com o hotel, o site do Hotel Neruda é http://www.hotelneruda.cl/ e lá você encontra o telefone para contato: (56 2) 679-0700.

  10. Carla, Estamos com muitas dúvidas. E queria que você me ajudasse a realmente fazer um roteiro no detalhe. Estamos indo 4 adultos e 3 crianças de 12, 11 e 9 anos. Estamos querendo fazer tudo por conta própria comprando os pacotes lá. Vamos sair no dia 20/07 e voltar no dia 29/07. Vamos para Buenos Aires e Santiago. O melhor seria começar por Buenos Aires ou Santiago? Como queremos esquiar achamos melhor ir para Santiago depois, já que iremos ficar bastante cansados, o que você acha? Quantos dias você acha que deveríamos ficar em cada cidade? Estamos preferindo chegar pelo aeroporto de Aeroparque Chegada às 10:50. Pois ganhamos uma tarde em Buenos Aires, no outro Ezeizaz iremos chegar às 00:30 do domingo. Só que me preocupa e a questão da troca de cambio. Um amigo nos indicou um Albergue Hostel Suites Florida, que a princí­pio tinha bastante preconceito, mas olhando no site parece um hotel normal. Iremos ficar em quartos separados triplo. (você acha melhor alugar um apartamento para todo mundo ficar junto?) Neste mesmo hostel tem quarto para 8 mas, um único banheiro e a logí­stica pela manhã seria muito grande, então já desistimos. Resumindo o que queremos fazer em cada cidade: Buenos Aires: Conhecer os pontos turí­sticos, Show de tango, zoológico, Passeio de barco pelo Delta do Rio Tigre e ilhas da região, Puerto madero, Café tortoni e muitas compras… rsrsrs Em Santiago: Hotel que conseguimos barato foi HOTEL TORREMAYOR fica em Providencia, Você indica? Passeios: Vinícula Conche Toro, Passeio pelos pontos turí­stico, dois dias esquiando e compras. Uma dúvida é melhor comprar em que free shop? De Buenos Aires, de Santiago ou de São Paulo? Veja se você consegue me orienta no detalhe por onde ir pela manhã, tarde e noite. Estamos muito perdidos e querí­amos aproveitar o máximo essa viagem. Desde já agradeço.

  11. Fiquei na mesma rua, Pedro de Valdivia, no MG Apartaments, um apto. com sala, cozinha e uma suite. Pequeno e acolhedor. Recomendo. Diárias sem café, inferior a U$ 100,00.

  12. Pingback: Hospedagem em Santiago do Chile - apart-hotel bom e barato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *