Volta ao Mundo – hospedagem

Ok, finalmente é chegada a hora de tirar a poeira do blog!!! 😉

Um brinde de primeira na primeira noite da VAM!

Quando partimos para o início da VAM, estávamos cheios de boas intenções para blogar ao vivo, ao longo do caminho. Sabí­amos que seria difí­cil – o próprio Riq tinha nos alertado para isso no nosso encontro em Lisboa, na foto acima – mas imaginávamos que darí­amos conta, ao menos de alguns posts breves e fotos. Na verdade, conseguimos narrar as nossas aventuras enquanto estávamos na Europa, e o frio do inverno não convidava a sair para a rua à noite. Chegando dos passeios no fim do dia, aproveitávamos a boa qualidade das conexões à Internet dos hotéis para manter os relatos relativamente atualizados. Na Ásia, nossas boas intenções se perderam – com a temperatura mais amena, vários atrativos na rua, e a qualidade instável das conexões, acabamos deixando as narrativas de lado…

Agradecemos àqueles que se preocuparam com o bom andamento da viagem, dado o nosso sumiço. Sim, está tudo bem, podem ficar tranquilos! Na volta, depois de quase 3 meses fora do paí­s, tivemos que nos dedicar à volta ao trabalho e à rotina, e mais uma vez o I&V ficou abandonado…

Para retomar as aventuras, começo fazendo algumas considerações sobre a forma como escolhemos e reservamos a nossa hospedagem ao longo da viagem.

Como estávamos planejando uma longa viagem de 77 dias – 76 noites, sendo 64 em hotéis, 2 em um cruzeiro no Vietnã, 7 em um cruzeiro no Havaí­ e 3 em casa de amigos – era muito importante manter o controle do orçamento. A princípio estabelecemos como “teto” a média de US$ 100 a diária do quarto duplo – a idéia era economizar onde fosse possível para podermos nos dar ao luxo de uma ou outra extravagância.

Além disso, mais uma vez por estarmos tratando de uma longa viagem, não queríamos “engessar” as reservas, nem pagar tudo com antecedência. Essa opção nem se deu tanto pela possibilidade de fazer mudanças no roteiro – esse já estava fechado em boa parte quando emitimos o bilhete, e tratamos de fechar o resto com os vôos low cost antes de sairmos do Brasil. A nossa intenção era, além de distribuir melhor os gastos ao longo dos meses de viagem, nos permitir uma certa flexibilidade para aproveitar promoções que surgissem nos sites de reservas e/ou ajustar reservas previamente feitas por conta de mudanças de interesse ou novas informações que recebêssemos sobre localização ou qualidade de um determinado hotel.

Nosso maior aliado na hora de reservar nossa hospedagem foi o Booking. Saímos do Brasil com alguns poucos hotéis pagos com antecedência – apenas 4 hotéis do primeiro mês da viagem, pré-pagos para aproveitar descontos imperdíveis… 😉 Usamos bastante também o Kayak e o Expedia para buscar bons preços, e acabamos também aproveitando algumas ofertas diretamente no site da Marriott. Consultamos muito o Trip Advisor, em busca de referências e sugestões. E temos tudo a agradecer ao pessoal querido que nos deu mil e uma dicas no Viaje na Viagem, em especial no post que o Riq abriu para nos ajudar no planejamento de hospedagem da VAM.

Nos próximos posts, trato dos hotéis onde nos hospedamos na Europa – Portugal no próximo post e Itália no seguinte.

17 thoughts on “Volta ao Mundo – hospedagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *