Dias 21 a 25, 15 a 19/01 – Sanur, Bali

Entrada do Hotel Griya Santrian

No próprio hotel de Ubud contratamos um transfer para nos levar a Sanur, ao custo de US$ 14 por cerca de uma hora de viagem. Ao longo do trajeto, mesmo não fazendo fotos, observamos que cada vila, cada cidade, produz o seu tipo especí­fico de artesanato. Foi interessante reparar nos objetos feitos em pedra, em mármore, em palha, e também no mobiliário em madeira. (Dá vontade de comprar TUDO pra decorar a casa… 😉 )

O “bar molhado”

Chegamos ao nosso hotel de Sanur, o Griya Santrian, no fim da manhã. Ganhamos um early check-in, e um quarto bem ao lado dessa piscina da foto. Logo após deixar a bagagem no quarto, nos dirigimos a ela para inaugurar o segundo estágio dos nossos dias de ócio em Bali… Ficamos por ali toda a tarde – almoçamos e tomamos alguns drinks ali mesmo.

Paulinho no The Village

Carla no The Village

     

À noite, saí­mos para jantar e, ao pisar do lado de fora do hotel, vimos pela primeira vez o que são realmente as monções em Bali… Caiu uma pancada de chuva que nos fez entrar imediatamente no primeiro restaurante que vimos, localizado bem na saí­da do Griya Santrian, o The Village. Por sorte, o restaurante era bastante agradável e o calzone que escolhemos para o nosso jantar estava uma delí­cia.

Vista da praia para a piscina

No dia seguinte, logo após o café da manhã, saí­mos caminhando sem pressa e sem rumo definido ao longo da orla de Sanur.

Passeando pela orla de Sanur

Barcos balineses tí­picos na Praia de Sanur

Um close no barquinho…

O Mercado de Praia de Sanur

Ao longo da orla de Sanur

A lagosta gigante…

O Buda na praia…

Blue Diamond – um salão para casamentos muito concorrido… 😀

The Pizza Corner – Hotel Griya Santrian

Voltamos do nosso passeio a tempo de almoçar no restaurante The Pizza Corner, à beira-mar, no próprio hotel. Depois de 3 semanas longe de casa, como bons brasileiros, procuramos uma comidinha italiana pra ajudar as matar as saudades… 😉

Pausa para uma Bintang…

… e um penne all’arrabiata – mesmo! 😀

A rua principal de Sanur

À tarde, demos uma volta pela rua principal de Sanur. Paramos para ver lojinhas de artesanato, e percebemos que os preços praticados nessas lojas próximas aos bons hotéis são mais altos do que os que vemos nas oficinas dos artesãos, em lugares menos concorridos – mas, como não poderia deixar de ser, também nesses lugares se pratica a arte da pechincha. De todo modo, os preços são muito mais baixos do que pagarí­amos pelo artesanato balinês aqui no Brasil…

Fomos também conferir alguns restaurantes onde gostarí­amos de ir e, claro, fazer uma bela massagem nos pés (cerca de US$3), uma atividade muito comum entre os turistas em férias no Sudeste Asiático… Gostamos bastante da massagem, e no dia seguinte voltamos para uma massagem com pedras quentes, um mimo que sai muito em conta em Bali – Rp$ 80.000, ou seja, 80 Bintangs, pouco menos de US$ 10.

Entrada do Restaurante Mezzanine – Hotel Puri Santrian

À noite, resolvemos conferir uma dica que tí­nhamos visto em um folheto no nosso próprio hotel – o Restaurante Mezzanine, que pertence ao Hotel Puri Santrian, da mesma rede do Griya Santrian. Foi uma bela caminhada, cerca de meia hora, o que nos permitiu ter uma noção mais detalhada da região de Sanur.

Ambiente do Mezzanine – ainda vazio…

     

Jantarzinho com vinho balinês! 😉

O ambiente do restaurante é muito agradável. Para o jantar pedimos um prato de peixe e um prato de carne, ambos muito saborosos. Decidimos também experimentar um vinho rosé balinês – para nossa grata surpresa, ele correspondeu às nossas expectativas. Para a sobremesa, escolhemos uma mousse de chocolate com salada de morangos – é só clicar na miniatura acima para ver melhor a “salada de morangos”… 😆

A praia em frente ao Griya Santrian

Anker – a concorrente da Bintang

No dia seguinte, voltamos à nossa calma rotina de descanso no hotel. Para não dizer que não fizemos nada de diferente, resolvemos tomar uma cerveja Anker, a concorrente da Bintang – aprovamos, mas continuamos preferindo a Bintang…

Piscina com vista para a praia… 😉

Outra piscina do Griya Santrian

Nesse dia também fomos explorar a outra piscina do hotel. Embora muito bonita, a água era mais gelada, e não nos proporcionava aquela bela vista para o mar de Sanur. Exploração feita, voltamos à nossa piscina de origem…

Praia em frente ao hotel

A piscina com sua bela vista

Havaianas e pés na areia…

Praia, piscina e Havaianas – e assim fechamos nossos 4 dias em Sanur com o objetivo cumprido de não usar sapatos… 😉

20 thoughts on “Dias 21 a 25, 15 a 19/01 – Sanur, Bali

  1. Pingback: Dias 25 a 28, 19 a 22/01 – Nusa Dua, Bali « Idas e Vindas

  2. Pingback: Hotéis da VAM em Bali II: Griya Santrian, Sanur « Idas e Vindas

  3. Pingback: Viagem Bali (Indonésia) – Resumão e Dicas Gerais | ALFA Dicas de Viagens

  4. Pingback: Griya Santrian – Sanur, Bali, Indonésia | Idas e Vindas - Crônicas de Viagem

Deixe uma resposta para Sylvia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *