Um fim de semana em Buenos Aires…

Como não poderia deixar de ser, as promoções de milhas reduzidas das companhias aéreas no ano passado me levaram de volta também à minha querida Buenos Aires. Fui passar um fim de semana meio “esticado” (de 6a.f. à noite a 3a.f. de manhã, durante as férias de julho) com os amigos Paulinho e JB. Conseguimos passagens de ida e volta pela TAM, voando para o Aeroparque, por 4.000 milhas o trecho.

O JB já contou essa viagem no Descobrimento da América +, com alguns detalhes práticos de que eu não me lembrava mais… Mas, como o narrador faz toda a diferença para o texto final, não resisti a contar a viagem pelo meu ponto de vista… 😉

Pesquisei hotéis no Booking, porque querí­amos fazer uma reserva sem pagamento adiantado. Consegui o quarto triplo no Urban Suites Recoleta a uma diária de US$ 175 mais taxas. Não foi exatamente uma barganha – no iní­cio de 2010 eu tinha conseguido exatamente o mesmo tipo de quarto a US$ 135 – mas, como não estávamos pagando a passagem, achamos que valia fazer uma pequena extravagância… 😉

Urban Suites Recoleta

Recepção

O hotel é mesmo muito bonito e confortável. Nosso quarto triplo era imenso – além do que está na foto, ainda havia uma mini-cozinha e um armário bem grande com espelho na porta. E agora não há mais a preocupação com o barulho externo, desde que o Sahara Continent fechou… 😉

Quarto triplo – bem espaçoso…

Ótimas amenities – mas esse espelho poderia ser maior… 😉

Chegamos em uma noite de 6a.f. Como aterrisamos no Aeroparque, que fica a poucos minutos de táxi da Recoleta, nos instalamos rapidinho e logo saí­mos para jantar. Seguindo a sugestão do JB, que já conhecia o restaurante – considerado por ele o melhor custo x benefí­cio de Buenos Aires – fomos jantar no La Parolaccia Trattoria do Barrio Norte.

Vinhos no La Parolaccia Trattoria

Pãezinhos e vinho

Cada um pediu um prato diferente – meu risotto estava super gostoso, mas confesso que me arrependi por não ter pedido o mesmo prato que Paulinho, como de hábito… O spaghetti com camarões dele estava lindo! 😉

Meu risotto de gorgonzola

O spaghetti com camarões de Paulinho

A massa do JB – não me lembro exatamente o que era…

As massas estavam muito saborosas, e jantamos muito bem. Para coroar a refeição, resolvemos dividir um belo tiramisú.

Nosso tiramisú comunitário

Ao fim do jantar, voltamos caminhando para o hotel para descansar bastante para os passeios do fim de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *