O metrô chegará à Recoleta?

Assim que nos instalamos “em casa“, saímos para almoçar e dar uma volta de reconhecimento na vizinhança. Já eram quase 4 horas da tarde, e, com a fome apertando, não queríamos ir longe. Resolvemos então almoçar no Café del Pilar, na esquina da Avenida Las Heras com a Junín.

Café del Pilar

Café del Pilar

Depois de una milanesa muy sabrosa, caminhamos em direção à Plaza Francia. Atravessamos a passarela sobre a Avenida Figueroa Alcorta e chegamos a um dos edifícios mais bonitos da Universidad de Buenos Aires (UBA), a Facultad de Derecho. A faculdade impressiona por sua arquitetura grandiosa – pé direito altíssimo, escadaria imponente… E o interior não fica atrás! Eu não conhecia o prédio por dentro, e gostei de ter a chance de visitá-lo desta vez.

Facultad de Derecho

O lindo saguão da faculdade

Aproveitando que já estávamos ali ao lado, caminhamos mais 2 minutos pela Avenida Figueroa Alcorta e fomos ver de perto a Floralis Genérica. A escultura, do arquiteto argentino Eduardo Catalano, foi confeccionada em aço inoxidável doado pela Lockheed Martin, e representa todas as flores do mundo. Uma de suas características mais interessantes é um mecanismo elétrico responsável por abri-la todas as manhãs e fechá-la ao fim do dia.

Floralis Generica

Floralis Genérica

Com a tarde já caindo, decidimos retomar o nosso caminho – ainda queríamos passar em um supermercado e comprar algumas provisões para abastecer a cozinha de casa.

Foi então que reparamos nos tapumes amarelos cobrindo algumas áreas da Plaza Francia, e nos cartazes com os dizeres: “El subte avanza. Vos también.” Opa! Então o metrô vai chegar até a Recoleta?!? 😀

"El subte avanza"...

“El subte avanza”…

Tapumes das obras de expansão do metrô na Plaza Francia

Fui me informar sobre o assunto, e descobri que já foram aprovados projetos para expandir o Subte de Buenos Aires em muitos quilômetros, de modo que, uma vez que se complete o traçado da Linha H (amarela) e as novas linhas F, G e I sejam construídas, boa parte da população passará a residir a menos de 500 m de distância de alguma estação, diminuindo bastante os problemas de trânsito da cidade.

Hoje, o traçado do Subte é muito semelhante a este, com a pequena diferença de que o trecho que liga a linha A à linha B já está concluído.

Traçado quase atual do Subte

Com as obras de construção da Linha H concluídas, o traçado passará a ser o que está abaixo, cruzando o Barrio Norte e a Recoleta por baixo da Avenida Pueyrredón até chegar à Avenida 9 de Julio e desembocar na Estação do Retiro. As novas estações serão Córdoba, Santa Fe, Las Heras, Plaza Francia e 9 de Julio. Nem preciso dizer que, para quem gosta de se hospedar na Recoleta, a nova linha do Subte vai ser de grande valia, principalmente por se conectar a todas as outras – um dos grandes defeitos do atual traçado do Subte é que as linhas partem de um ponto em comum e seguem quase paralelas, sem pontos de conexão… 😯

Traçado do Subte com a Linha H (amarela) concluída

Quando todos os projetos saírem do papel, a malha subterrânea da cidade terá realmente se expandido bastante, servindo bem melhor à Recoleta, ao Barrio Norte e Palermo, aumentando as opções de transporte público de quem se hospeda nessas regiões e diminuindo a dependência do táxi. O traçado do Subte será então assim:

Projetos futuros para o Subte

Mas, como nada nunca acontece de forma tão fácil e simples, alguns protestos contra a derrubada de árvores na Plaza Francia e discordâncias a respeito da localização das estações já vêm atrasando as obras, inicialmente previstas para terminar em 2015.

Do lado de cá, só nos resta acompanhar as notícias e ficar na torcida… 😉

8 thoughts on “O metrô chegará à Recoleta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *