Dia 29, 23/01 (manhã) – Bangkok

Assim que tomamos o nosso super café da manhã (leia aqui o relato do JB), descemos para trocar ideias com a concierge do hotel a respeito da melhor maneira de chegar aos pontos turísticos que gostaríamos de visitar naquele dia. A princípio, tínhamos escolhido hospedagem na região próxima à Siam Square pensando em usar o Skytrain para turistar e em aproveitar o fácil acesso ao comércio da cidade. Mas tudo aconteceu diferente do esperado – decidimos não usar o transporte público e não gostamos do comércio da região… 🙁

Cartão do hotel e pontos turísticos

Resolvemos fazer nossos passeios de táxi porque as corridas eram tão baratas que achamos que não valia a pena gastar os neurônios descobrindo como chegar aos lugares usando o Skytrain. Nosso maior cuidado era evitar os horários de maior movimento, quando o trânsito realmente é infernal… O serviço de concierge do hotel foi de grande ajuda na hora de facilitar a nossa comunicação com os taxistas – todos os dias pegávamos papeizinhos com os nomes dos pontos turísticos que gostaríamos de visitar escritos em inglês e tailandês. Na volta, era só mostrar o cartão do hotel, também bilíngüe. 😉

Cerimônia no Wat Phra Kaew

Nosso primeiro destino nesse dia foi o Wat Phra Kaew, como é conhecido o Wat Phra Sri Rattana Satsadaram, ou o Templo do Buda de Esmeralda. Este é o templo budista mais importante da Tailândia, localizado no centro histórico de Bangkok, junto ao Grande Palácio, que serviu de moradia à família real tailandesa entre os séculos XVIII e XX. O templo abriga o Phra Kaew Morakot, o Buda de Esmeralda, uma imagem de Buda extremamente reverenciada, esculpida em um bloco único de jade (não sendo, portanto, feita de esmeralda… 😉 )

O Buda de Esmeralda (Fonte: http://relaxsphere.blogspot.com.br/2012/03/world-famous-statue-of-buddha.html)

De acordo com a lenda, a estátua foi feita na cidade de Pataliputra, na Índia, por volta do ano 43 a.C.  e ali permaneceu por cerca de 300 anos. No século IV d.C. foi transportada para o Sri Lanka por monges budistas, com o intuito de resguardá-la da guerra. Mais tarde, foi então levada para a Tailândia e instalada no Wat Phra Kaew no ano de 1779.

     

A corrida de táxi do hotel até o templo custou apenas 100 bahts, ou cerca de 3 dólares. Pelos ingressos, pagamos 350 bahts cada um, pouco mais de US$ 11. (Acabo de ler no post do JB que ele pagou 250 bahts pelo ingresso, e estou intrigadíssima, querendo saber por que nós pagamos mais caro… 😯 )

Wat Phra Kaew

Não basta comprar o ingresso para fazer a visita, entretanto. Algumas regrinhas básicas de conduta devem ser observadas. Por exemplo, os homens devem usar calças compridas e camisas de manga; as mulheres devem, preferencialmente, usar saias longas (embora o mais importante seja cobrir as pernas, de modo que calças compridas não são barradas) e também cobrir os ombros. Aqueles que não estiverem vestidos de forma apropriada podem alugar vestimentas na área de entrada do templo. É obrigatório também tirar os sapatos antes de entrar nos templos, em sinal de respeito.

Detalhe

Uma vez cumpridas as formalidades, pode-se iniciar a visita ao Wat Phra Kaew. O complexo consiste em mais de cem edifícios coloridos e ricamente ornamentados, e data de 1782, época da fundação de Bangkok.

     

Carla & Paulinho em frente ao Phra Sri Rattana Chedi

     

     

Detalhe

Detalhe

Carla

Paulinho

O rumo da visita nos leva naturalmente ao Grande Palácio, um conjunto arquitetônico de beleza também impressionante.

Grande Palácio

Grande Palácio

Grande Palácio

E assim a manhã desse dia voou. Como tínhamos tomado um ótimo café da manhã, fizemos apenas um lanche antes de seguir para o nosso destino da tarde, o Wat Pho.

6 thoughts on “Dia 29, 23/01 (manhã) – Bangkok

  1. Oi Carlinha,

    Adorei o post. Foi como voltar a Bangkok outra vez.

    Quanto ao preço do ingresso do Wat Pra Kaew foi o valor que eu me lembro ter pago – não fiquei com nenhum canhoto.

    Posso ter me confundido…

  2. oi Carla, eu gostava de poder ver os ultimos comentarios, ficava mais facil para ver e acompanhar onde eu tinha comentado e ler o proximo, ja que passeio muito peloseu blog e fico procurando onde foi mesmo que eu fiz a pergunta…

    tb estou me acostumando com o novo layout ainda. eu gostava do velho rsrsrs, estava acostumada e gostava mais 🙂

    nao achei aba de fale comigo, por isso resolvi escrever assim num comentario de um post.

  3. Pingback: Idas e Vindas – Viagens e Aventuras » Dia 31, 25/01 (manhã) – Chiang Mai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *