Fundo do baú: Filadélfia

Filadélfia (fotos: janeiro 1997; texto: julho 2004)

Ficamos com pena de sair de Washington, mas Filadélfia foi um caso de amor instantâneo… Como eu e a Cláudia tínhamos essa vivência de lidar com a língua e a cultura dos EUA, estar no palco de acontecimentos históricos tão marcantes foi sensacional!

01. Carla - Independence Hall

O Parque da Independência, em Filadélfia, é um conjunto arquitetônico de grande importância histórica – lá aconteceram os Congressos de Filadélfia, a assinatura da Declaração de Independência… Rimos à beça com um dos guias, que descrevia a cena da assinatura da Declaração com tanta emoção e riqueza de detalhes (“George Washington estava sentado aqui neste canto da sala; levantou-se, tomou a pena…”) que parecia ter presenciado os acontecimentos…

02. Carla - Independence Park

Este é o Sino da Liberdade, que tocou para chamar o povo para a leitura da Declaração de Independência. Foi também o tema de uma das lições de inglês mais chatas que tive que estudar na minha vida!!! Daí a foto: foi pra tentar curar o trauma…

03. Carla - Liberty Bell Pavilion

Visitamos o Museu de Arte de Filadélfia na secura de ver de perto os “Girassóis” de Van Gogh. Mas como ninguém aqui é exclusivamente “cabeça”, claro que o momento trivia tem o seu lugar reservado – alguém se lembra de Rocky Balboa subindo e descendo essa escadaria?

04. Carla - Philadelphia Museum of Art

2 thoughts on “Fundo do baú: Filadélfia

  1. Não tinha lido este post sobre Filadelfia, tambem tive um caso de amor a primeira vista com a cidade, pena que fiquei apenas dois dias, na proxima viagem, volto para curtir com mais calma….

    • A cidade é mesmo uma graça, né? Eu fui duas vezes, e em cada uma passei um dia só, fazendo bate-e-volta a partir de NYC – mas ainda quero voltar e me hospedar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *