Bienvenidos a Cartagena – II

Continuamos a nossa caminhada pelas lindas ruazinhas de Cartagena, seguindo o roteiro proposto no nosso mapa…

Continuando o passeio…

                                

Logo avistamos a torre da Catedral de Cartagena, e seguimos nessa direção, pela Plaza de la Proclamación, local onde o povo colombiano se reuniu, em 1811, para apoiar a assinatura da independência do paí­s.

Plaza de la Proclamación

Chegamos então à Catedral – e demos a sorte de vê-la aberta, ainda que por poucos minutos…

Catedral de Cartagena de Indias

Ali já estávamos bem próximos à Plaza Bolívar, um dos pontos mais importantes da Ciudad Amurallada de Cartagena.

Plaza Bolí­var

Atravessando a praça, chegamos ao Palacio de la Inquisición, onde hoje funciona o Museo Histórico de Cartagena, mais conhecido como Museo de la Inquisición. Quando esteve lá, o Arthur escreveu um post super completo sobre o local – clique aqui para fazer uma visita, que vale a pena!

Fachada do Palacio de la Inquisición

Sinos no Palacio de la Inquisición

O ingresso para o museu custa 14 mil pesos colombianos, pouco mais de R$ 16. A visita é um pouco pesada, não fosse a Inquisição o tema do museu… Mas, como eu comentei à época no post do Arthur: “Já eu gostaria de visitar o Museu da Inquisição – não por gosto, claro, que não sou sádica, mas justo por achar que essas páginas aterrorizantes da História têm que ficar bem vivas na memória da humanidade! Quem sabe assim um dia não se consegue evitar que essas atrocidades se repitam, né?”

Plaza Bolí­var, vista do Palacio de la Inquisición

Após a visita, voltamos às ruas, dessa vez em direção à Plaza San Pedro Claver.

Carrinhos de frutas, uma tradição…

E logo chegamos ao nosso destino…

Na praça está situada a Iglesia de San Pedro Claver, em honra ao santo que dedicou sua vida aos escravos trazidos da África, e que se autodenominava “El esclavo de los esclavos”…

Iglesia de San Pedro Claver

Iglesia de San Pedro Claver

“El esclavo de los esclavos”

Plaza San Pedro Claver

Na mesma praça se encontra também o Café San Pedro, um restaurante que o JB tinha nos sugerido para um bom jantar – guardamos a dica para a noite…

Plaza San Pedro Claver

Foi também nessa praça que vimos pela primeira vez um grupo de palenquerasLas palenqueras são um sí­mbolo cultural da cidade de Cartagena. São descendentes dos escravos refugiados nos palenques, conglomerados que reuniam aqueles que conseguiam fugir de seus senhores espanhóis – daí­ o nome palenqueras. Hoje em dia, sobrevivem basicamente da venda ambulante, principalmente de doces tí­picos e frutas. Para ler um pouco mais sobre as palenqueras, clique aqui.

La palenquera

Las palenqueras

Las palenqueras

Como já estava ficando tarde para o almoço e tí­nhamos planos para o jantar, decidimos apenas fazer um lanche no Crepes & Waffles, uma rede colombiana super bem recomendada em todos os guias e blogs que lemos – mas isso fica para um post especí­fico… 😉 E seguimos então o nosso passeio!

Prosseguindo o passeio…

Comércio nas ruas

... pelas ruas de Cartagena

… pelas ruas de Cartagena…

Detalhes…

                    IMG_9100

Terminamos o nosso passeio na Puerta del Reloj, uma das entradas principais da Ciudad Amurallada…

Puerta del Reloj

Plaza de los Coches

Portal de los Dulces

E voltamos para o hotel ainda a tempo de ver o fim da tarde na Praia de Bocagrande…

Praia de Bocagrande

Praia de Bocagrande

9 thoughts on “Bienvenidos a Cartagena – II

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *