Fundo do baú: Miami

Miami (fotos: janeiro 1998; texto: novembro 2004; edição: setembro 2013)

Janeiro de 1998. Eu não tinha planejado sair do país novamente tão depressa… Tinha chegado do Canadá em meados de outubro, esse nomadismo já estava virando exagero! Mas essa viagem realmente caiu na minha cabeça, não pude evitar… 🙂

Explicando melhor: eu tinha terminado um curso de espanhol no CCAA em julho de 97, e assim que voltei do Canadá soube que tinha sido contemplada com um prêmio de sonho: uma viagem de 3 semanas para a Flórida, com tudo pago, inclusive um curso de 2 semanas no CCLS de Miami, por ter sido a melhor aluna do último período do curso.

Minha reação foi de alegria e apreensão ao mesmo tempo. Fiquei contente pelo prêmio, mais ainda por viajar de graça… 🙂 Mas a Flórida nunca tinha me encantado e eu só imaginava que ia conviver com um bando de adolescentes insuportáveis por mais de 20 dias. Como, enfim, nada nessa vida é perfeito, me armei de disposição para passar boa parte do meu tempo sozinha desbravando a Flórida…

Mas, surpresa!!! Nada disso foi necessário… Não só havia vários adultos nessa trupe, como eles se revelaram amigos de primeira linha. Com alguns só tive contato durante a viagem, outros ficaram por algum tempo e depois nos perdemos…

Enfim, um postalzinho de South Beach, Miami, só pra dar um gostinho!

01. South Beach

Resolvi mostrar um lado de Miami que poucos brasileiros conhecem… A maioria passa por lá a caminho de Orlando e vê basicamente o centro da cidade e um pouco de Miami Beach. Acho que no Rio de Janeiro isso equivaleria a dar uma voltinha na Rua da Alfândega e depois passar por Copacabana… 🙂

Nosso curso durou 2 semanas. Ao longo desse tempo, eu procurei cultivar a sensação de morar na cidade. Tudo bem, era como se a gente morasse em um hotel, mas ao menos aprendemos a usar o transporte público, desbravamos vários recantos da cidade onde os turistas não costumam ir…

Logo no primeiro dia, demos um giro por Coral Gables, um bairro residencial super gostoso, onde ficavam situados tanto o nosso hotel quanto o curso. Um dos pontos altos do bairro é esse hotel da foto, o Biltmore, um dos mais elegantes e sofisticados de Miami, um prédio histórico fabuloso. Infelizmente, não era lá que eu estava hospedada…

02. Biltmore Hotel

Este era o nosso hotel – o Sheraton Four Points Miami. Melhor dizendo, foi a nossa casa ao longo de 2 semanas. E quando chegávamos “em casa” no início da noite, não tinha nada melhor do que uma cervejinha e um bom papo na beira da piscina…

03. Piscina

Parte do grupo da piscina: eu, Márcia, Márcio e Paulo. O guia Fodor’s estrategicamente largado em cima da mesa já era o prenúncio de outras aventuras que viriam a seguir…

04. Grupo

Coral Gables é um bairro super agradável de Miami, bem residencial, mas não deixa de ter algumas avenidas mais movimentadas, com vários restaurantes, lojas (livrarias!), cinemas… Esse arco fica na Coral Way, uma dessas avenidas, onde ficava o nosso curso.

05. Coral Gables

Uma das vantagens de ficar mais do que uns poucos dias em uma cidade é que dá tempo para ir a lugares onde um turista não iria rotineiramente. Um desses lugares que eu quis conhecer foi o campus da University of Miami – minha atração pelas universidades é de longa data… 🙂

06. Universidade

Uma noite em que resolvemos mudar o bate-papo (e a cervejinha!) de cenário. Aqui estamos (Lúcia, Márcia, eu e Márcio) em um barzinho no Bayside Marketplace, um shopping no centro de Miami, com vista para a Biscayne Bay, bem conhecido dos brasileiros…

07. Bayside

Eu e a Márcia, companheira dessa e de outras aventuras, na Ocean Avenue, a avenida à beira-mar de South Beach. Há pouco mais de 10 anos essa região estava bastante abandonada, se descaracterizando, com esses prédios em estilo art-déco em franca decadência. Até que decidiram revitalizar o bairro – os prédios foram restaurados, bares, restaurantes e lojas inaugurados, e tanto os antigos quanto os novos hotéis começaram a ver sua taxa de ocupação aumentar. Hoje em dia é a área mais charmosa de Miami, e não apenas durante o dia – a noite na Lincoln Road, em especial ao som do jazz do Van Dyke Café, é imperdível!

09. Ocean Avenue

Já que começamos a falar de praias, aqui vai uma foto para comparação… Eu e a Cris em frente à praia em South Beach.

08. Praia

Eu tinha mencionado que fui para Miami fazer um curso, mas até agora tinha passado longe da escola…:-) É que o nosso curso foi isso mesmo, pouco estudo e muita diversão!!! Ao contrário de todas as outras turmas, que estavam seguindo um curso regular de inglês e tinham aulas o dia inteiro, a gente estava fazendo um curso de redução de sotaque que envolvia apenas 3 horas de aula pela manhã. A gente ficava, então, com o resto do dia livre pra “turistar” – e foi assim que esquadrinhamos boa parte de Miami. Fizemos essa foto no fim das aulas, no último dia do curso: eu, Márcia, Paulo, Sandra, Priscila, Tracy (a professora), Cristiane e Nicéa.

10. CCLS

6 thoughts on “Fundo do baú: Miami

  1. Carla,

    Não acredito que te encontrei, eu era uma das “roommate” em Miami (Cida) – lembra? Adorei seu blog. Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *