Dia 39, 02/02 – Koh Samui

Partimos de Phuket logo cedo em um voo da Bangkok Airways, a única companhia em que conseguimos um voo direto de Phuket a Samui, sem a necessidade de fazer conexão em Bangkok. O voo foi bem tranquilo e chegamos sem atraso. Nesse dia, esse era um ponto bem importante, porque ainda no aeroporto iríamos encontrar o JB, que estava chegando de Bangkok para passar esses dias em Samui com a gente.

Aeroporto de Koh Samui

Aeroporto de Koh Samui

Arrisco dizer, assim meio de improviso, que o aeroporto de Koh Samui é o mais original onde já estive, todo construí­do de acordo com o estilo local e com muitas áreas ao ar livre. Nesse dia tivemos apenas uma prévia – alguns dias depois, no dia da partida de Samui para Bangkok, tivemos uma noção mais precisa do lugar…

O "trio elétrico" chegando no aeroporto de Koh Samui

O “trio elétrico” chegando no aeroporto de Koh Samui

Logo o voo do JB chegou também. Nosso reencontro foi uma alegria só – afinal, depois de mais de 1 mês de viagem, já tí­nhamos muitas histórias pra contar… 😉 Mas, como tí­nhamos contratado o transfer no hotel onde ficarí­amos hospedados, achamos por bem não deixar o motorista nos esperando. Nosso hotel, o Villa Tanamera, ficava situado na região de Big Buddha Beach, bem ao norte da ilha, a menos de 10 minutos de carro do aeroporto – como o carro já estava a nossa espera, chegamos lá em dois tempos.

Hotel Villa Tanamera

Hotel Villa Tanamera

A primeira impressão que tivemos do hotel foi das melhores. O hotel é charmoso e aconchegante, com uma piscina super agradável e ligação direta com a praia em frente. Ao redor da piscina ficam dispostos os bangalôs. O nosso era excelente, bonito e espaçoso – dois quartos, dois banheiros, sala, cozinha completa e até um terraço! (Mas isso já é assunto para o post especial sobre o hotel, que virá mais adiante…)

Antica Locanda

Antica Locanda

Pasta Carbonara

Pasta Carbonara

Nos instalamos rapidinho e saí­mos para uma volta de reconhecimento. A fome logo bateu e resolvemos conferir um restaurante italiano bonitinho, o Antica Locanda. Já contei que uma das nossas estratégias para matar a saudade da comida de casa era recorrer aos restaurantes italianos… E nesse dia não querí­amos abusar e/ou errar no almoço, porque tí­nhamos feito planos especiais para o jantar! 😉

Nossa praia

Nossa praia

DSC05196        DSC05199

Avião da Bangkok Airways

Avião da Bangkok Airways

Fim de tarde na praia

Fim de tarde na praia

Fim de tarde na praia

Fim de tarde na praia

Depois do almoço, tomamos o rumo da praia, onde passamos a tarde descansando, batendo papo, fazendo fotos, observando os aviões da Bangkok Airways voando baixinho para aterrisar no aeroporto ali perto… E, claro, fazendo planos para o jantar!

gallery_photo_185_14        Na revista de bordo da Bangkok Airways tí­nhamos visto um anúncio de um restaurante que nos fisgou à primeira vista, só pela foto – o Sea Wrap, no Peace Resort, em Bophut. Eu e Paulinho ficamos apaixonados pelas mesinhas baixas e almofadões na areia da praia – e qual não foi a nossa surpresa ao descobrir que o JB tinha visto o mesmo anúncio na revista e também se interessou em conferir o restaurante! 😉

Foto de divulgação do Sea Wrap

Foto de divulgação do Sea Wrap (Fonte: www.peaceresort.com/dining)

A ilha de Koh Samui não é muito grande, por isso sabí­amos que o Peace Resort não poderia ser muito distante. De volta ao hotel, descobrimos que levarí­amos uma meia hora de carro para chegar. Achamos bem razoável, e decidimos fazer a reserva e contratar um táxi no hotel para nos levar e buscar.

O trio no Sea Wrap do Peace Resort

O trio no Sea Wrap do Peace Resort

Foi uma noite super divertida! Ao chegar, ainda conseguimos aproveitar um pouco o ambiente delicioso à beira da praia, rindo, conversando e tomando um vinho. Mas logo começou a chover e tivemos que nos abrigar na parte fechada do restaurante… 🙁

Vou deixar que o JB conte essa história no post que ele escreveu sobre esse dia em Koh Samui – é só clicar aqui!

4 thoughts on “Dia 39, 02/02 – Koh Samui

  1. Quanto tempo que não passava aqui. Que legal que continua escrevendo sobre a VAM. Eu gosto muito de blogs que são diários de viagem. Vou tentar ler a viagem toda. Bjs

    • Acho que eu nem saberia escrever de outra forma, Flora… 😉

      Venha sempre, sim. Agora que estou entrando de férias já estou me programando para escrever com mais frequência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *