Nas cercanias da Plaza Libertad

Nessa última viagem, ficamos hospedados em uma região da Recoleta onde eu nunca havia me hospedado antes – as cercanias da Plaza Libertad. Olhando no mapa, a região faz a fronteira entre a Recoleta e o Centro, o que pode dar a ideia (equivocada…) de que se trata de um “limbo”, uma “terra de ninguém”. Pois eu fui agradavelmente surpreendida.

Captura de tela 2016-01-06 19.28.11edited

Em primeiro lugar, amei o fato de estar situada praticamente ao lado de duas vias importantíssimas da cidade (a Avenida Santa Fé, na Recoleta, e a Avenida 9 de Julio, no Centro), sem sofrer as desvantagens dessa proximidade – nosso hotel, o Americas Towers, ficava na Calle Libertad, que é muito mais tranquila. Ao mesmo tempo, caminhando meia quadra em direção à Recoleta chegávamos à Santa Fé com todas as suas facilidades – lojas, cafés, ônibus… E, apenas virando a esquina e caminhando uma única quadra, caíamos em plena 9 de Julio. Fomos mais de uma vez ao Centro da cidade (principalmente para fazer câmbio…) a pé mesmo, rapidinho e sem nenhum problema.

Plaza Libertad

Plaza Libertad

Nossos passeios começaram e/ou terminaram várias vezes pela Plaza Libertad, esse oásis que nem parece que tem uma de suas saídas desembocando diretamente na Avenida 9 de Julio…

Plaza Libertad

Plaza Libertad

A igreja abaixo, Nuestra Señora de las Victorias, fica na esquina da Calle Paraguay com Libertad, em um dos cantos da praça…

Parroquia Nuestra Señora de las Victorias

Parroquia Nuestra Señora de las Victorias

Em outro canto da praça, na esquina de Libertad com Marcelo T. de Alvear, fica o Café Torre Paris, onde fizemos mais de uma refeição – nada especial ou rebuscado, mas comidinha caseira bem honesta a preços justos, além de empanadas muito saborosas!

Café Torre Paris - menu executivo a R$30!

Café Torre Paris – menu executivo a R$30!

Como estávamos mais perto do Centro do que de costume, um dia fomos caminhando ao longo da 9 de Julio em direção à Avenida Corrientes e as lojas de instrumentos musicais da Calle Talcahuano. Caminhamos olhando para cima de vez em quando, para não perder a beleza dos prédios antigos tão bem conservados como esse da foto abaixo, em frente ao Teatro Colón…

As surpresas ao se elevar o olhar...

As surpresas ao se elevar o olhar…

Mas, se a opção fosse por caminhar em direção a outro ponto do Centro, tomaríamos a Avenida Santa Fé e logo chegaríamos à linda Plaza San Martin…

Plaza San Martin e a Torre Monumental

Plaza San Martin e a Torre Monumental

A Plaza San Martin também fez parte de vários dos nossos passeios, principalmente quando precisávamos tomar o metrô – a Estação San Martin era uma das mais próximas para nós… Então, antes de entrar ou logo ao sair da estação, aproveitávamos para relaxar um pouco à sombra das árvores imensas…

Sombra e água fresca na Plaza San Martin

Sombra e água fresca na Plaza San Martin

… ou para turistar um pouco, admirando o lindo Edifício Kavanagh ou o Monumento a Los Caídos en Malvinas…

Edifício Kavanagh e o Monumento a Los Caídos en Malvinas

Edifício Kavanagh e o Monumento a Los Caídos en Malvinas

Ainda podíamos tomar uma terceira direção e chegar a pé até a região onde estão situadas as Embaixadas da França e do Brasil, a poucas quadras do Patio Bullrich, na Calle Posadas…

Embaixada da França

Embaixada da França

Brasil...

Brasil…

Enfim, foi uma ótima experiência! A região não conseguiu bater a minha localização predileta na Recoleta, que é o coração residencial do bairro, o quadrilátero formado por Vicente López, Azcuénaga, Arenales e Ayacucho. Mas não fez feio, e se mostrou uma excelente opção principalmente para os marinheiros de primeira viagem, que se beneficiariam da proximidade com o Centro para seus passeios turísticos! 😉

2 thoughts on “Nas cercanias da Plaza Libertad

  1. Eu ja me hospedei na Plaza San martin e gostei, mas como voce, a minha localização preferida tambem e este quadrilatero,desta vez fiquei na Azcuénaga, esquina com Juncal.

    • Esse trechinho é imbatível, né? Além de ser lindo e agradável, reúne mil facilidades: restaurantes, cafés, mercados, lojas… Para ser perfeito, só falta mesmo o metrô! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *