Ibis Lisboa Liberdade & Mercure Porto Centro – Portugal

A nossa escolha de hotéis para a viagem foi determinada, quase em sua totalidade, pela relação entre o custo e o benefí­cio oferecidos. Estabelecemos alguns requisitos básicos – boa localização, preço razoável, limpeza e boas recomendações, fosse de amigos e conhecidos ou coletadas no Trip Advisor.

Em Lisboa, a escolha natural foi o Ibis Liberdade, onde Paulinho já tinha se hospedado, e que vimos também recomendado no VnV. Situado à rua Barata Salgueiro, o hotel oferece fácil acesso a pé tanto à Cidade Baixa quanto ao Bairro Alto; além disso, está muito próximo à Avenida da Liberdade, onde se pode tomar metrô e ônibus para outros pontos da cidade.

O padrão do hotel é o já conhecido – simples e correto. Fizemos a reserva pelo próprio site da Accor Hotels, pagando € 55 a diária sem o café da manhã incluído; depois, acabamos optando por tomar o café da manhã no próprio hotel, para evitar sair no frio. Isso acarretou um aumento de € 12 na diária, totalizando € 67, mas nos pareceu muito válido.

Hotel Ibis Lisboa Liberdade

Quarto do Ibis Liberdade

Lobby do Ibis Liberdade

No Porto, estávamos ainda mais preocupados com a localização, pois era lá que iríamos passar a noite de Ano Novo – uma noite em que o transporte é difícil em praticamente qualquer cidade do mundo. Sendo assim, querí­amos ficar em um local onde fosse possí­vel andar, andar e andar…

Recebemos muitas recomendações no VnV para fazer da Praça da Batalha o nosso “quartel general” – e foi uma opção muito acertada! Mais uma vez escolhemos um hotel da rede Accor – o Mercure Porto Centro. Mas, ao invés de fazer a reserva pelo site próprio da Accor, optamos pelo Booking, onde conseguimos uma boa promoção: € 69 a diária do quarto duplo com o café da manhã incluí­do, pré-pagos e não-reembolsáveis.

A relação custo x benefício foi excelente. O hotel é um bom quatro estrelas, o quarto e o banheiro são amplos e confortáveis, o café da manhã é muito gostoso e a localização é realmente perfeita para quem quer percorrer os principais pontos do Porto sem precisar de outro transporte que não as próprias pernas.

Praça da Batalha

Manhã de inverno na Praça da Batalha

Hotel Mercure Porto Centro

A Praça da Batalha e o Hotel Mercure Porto Centro

O bonde, ou “eléctrico”, na porta do hotel

Quarto do Mercure Porto Centro

Outro ângulo do Mercure Porto Centro

Vista da janela do quarto

Banheiro do Mercure Porto Centro

Vista da janela do banheiro

É importante notar que as diárias que constam nos sites especializados em reservas de hotéis costumam ser mais baratas quando são pré-pagas e não-reembolsáveis. Muitas vezes, ao longo do planejamento da VAM, optamos por reservar em sites que cobravam diárias um pouco mais elevadas, mas nos ofereciam a opção de só pagar no check-out, ou de cancelar com reembolso, ainda que pagando uma pequena multa. Essa atitude nos pareceu mais prudente, por se tratar de uma viagem longa, com tantos fatores que poderiam ser alterados ao longo da jornada… 😉

10 thoughts on “Ibis Lisboa Liberdade & Mercure Porto Centro – Portugal

  1. Oi Carla e Paulinho,
    Ja fui a Europa uma vez, conheci 5 paises, mas nao Portugal, sinceramente nunca tive curiosidade de ir, seria um destino de 2º ou 3º plano, mas confesso, que estou mudando meus conceitos.
    Só uma duvida, esses valores de diaria que esta mencionado é o custo total para os 2 ou por pessoa?

    • Rafinha, os valores são os das diárias dos hotéis – aliás, vamos sempre seguir esse padrão. No caso de restaurantes e passeios, vamos explicar no texto se o valor é total ou por pessoa.

  2. Oi Carla! encontrei em seu outro blog um post sobre sua viagem ao Peru. Gostaria de saber como vc fez o trajeto Puno – Juliaca? Pq na verdade, eu preciso fazer o contrario, rs. Vou chegar no Aeroporto de Juliaca e de la pretendo pegar um onibus para cidade de Puno, porem nao sei qual empresa faz este trajeto.
    Se vc puder me ajudar eu agradeço muito!
    Obrigada
    Isa

    • Isabella, no menu à direita você encontra uma seção “destinos’, onde estão listadas todas as categorias do blog. Vou te pedir a gentileza de repetir a sua pergunta em um dos posts sobre o Peru (todos os posts do antigo blog foram transportados para cá) e lá te respondo, Ok? 😉

  3. Olá Carla e Paulinho, parabéns pelo blog!
    Estive no Ibis Bastille em Paris, a escolha foi feita exatamente pelo o que vc mencionou no post: custo/benefí­cio, ótima localização… mas eu senti falta de um frigobar no quarto. Estamos planejando uma viajem a Portugal no ano que vem e o Ibis Liberdade é uma das opções, mas pelo visto lá tbm não tem frigobar no quarto, né? Vc acha uma boa opção alugar um carro para percorrer os arredores de Lisboa?

    • É como se diz, Fernanda, quem viu um Ibis viu todos – realmente o quarto não tem frigobar.

      Eu gosto muito da opção de alugar um carro para conhecer os arredores de uma cidade – para a própria cidade, o carro costuma atrapalhar mais do que ajudar, na minha opinião. Mas não fizemos essa escolha em Lisboa, então não sei te dizer como seria na prática. Por exemplo, não prestei muita atenção na facilidade para estacionar em locais turísticos como Sintra. Nós alugamos um carro por 1 dia para ir de Lisboa ao Porto, porque queríamos parar em Fátima e Coimbra – foi uma escolha aprovada! 😉

  4. Ficamos muito contentes que tenha sido do seu agrado a visita a Lisboa, Porto e Portugal de uma forma geral. A Cooking Lisbon vai abrir curiosamente no lado oposto ao Hotel em relação à Avenida da Liberdade. 😉 Próxima visita contamos consigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *